BSCA apresentará o Brasil do café especial a estrangeiros durante a Copa do Mundo da FIFA

Imprimir

Com a aproximação do início da Copa do Mundo da FIFA TM, os olhos de milhões de pessoas de todo o planeta se voltam ao Brasil para acompanhar um dos maiores eventos esportivos mundiais. E os empresários brasileiros aproveitarão a oportunidade para apresentar um País que vai além do futebol nesse período.

O Projeto Copa do Mundo, realizado pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), trará 2.300 compradores, investidores e formadores de opinião de 104 nações ao País para realizar agendas de negócios e acompanhar os jogos do mundial.

Durante a Copa do Mundo da FIFA TM, que acontecerá de 12 de junho a 13 de julho de 2014, serão desenvolvidas ações de promoção comercial e atração de investimentos que visam estimular as exportações brasileiras, promover vendas, bem como projetar a imagem comercial do Brasil no mercado internacional.

No setor cafeeiro, a Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA) trará ao País empresários do exterior para conhecerem os processos de produção, armazenamento, logística e, principalmente, realizar negócios. A diretora-executiva da entidade, Vanusia Nogueira, explica que, embora o jogo seja o principal atrativo do projeto, o foco das ações é realizar negócios e estreitar o relacionamento com os compradores dos cafés especiais do Brasil.

“A intenção é demonstrar o passo a passo do sistema produtivo dos cafés no País, a sustentabilidade envolvida em todos os segmentos da cafeicultura nacional, para entenderem que somos fornecedores confiáveis em quantidade e, principalmente, qualidade. Assim, almejamos ampliar a comercialização com esses empresários e, também, fazer com que levem adiante os conhecimentos adquiridos sobre nossa atividade cafeeira”, aponta Vanusia.

O presidente da BSCA, Javier Faus Neto, completa citando que o Projeto Copa é de vital importância para a abertura de novos mercados, bem como para a ampliação e a consolidação da imagem de qualidade que os cafés especiais brasileiros possuem nos tradicionais compradores. “Certamente conseguiremos criar um maior vínculo com esses clientes, solidificar o relacionamento, ilustrar a eles o que explicamos sobre nossa cafeicultura nos eventos internacionais e, consequentemente, aumentarmos as vendas do produto”, relata.

AÇÕES E EMPRESAS
Entre as ações do setor cafeeiro no Projeto Copa, coordenadas pela BSCA, constam rodadas de negócios, visitas técnicas a fazendas produtoras, atividades de interação para a promoção do café e das regiões onde é produzido, além de sessões de cupping e debates a respeito de qualidade e volume das safras 2014 e 2015 do Brasil.

As empresas nacionais envolvidas na Copa do Mundo da FIFATM são Camocim, SMC Comercial e Exportadora, Ally Brazilian Coffee, Companhia Monte Alegre, Bourbon Specialty Coffees, Andrade Bros e ABEX Exportação e Comércio de Café. Entre as estrangeiras, participarão como convidadas as norte-americanas Metropolis Coffee, F. Gavina & Sons, Greenfolia, Wolthers Duque, Sustainable Harvest e Café Imports; as inglesas Mercanta The Coffee Hunters e Has Bean Coffee; as japonesas Camel Coffee e Wataru & Co.; as suíças Cofi Roasters e Ecom; as sul-coreanas Eland e BP Commerce; a alemã CTS Coffee Trading Steal; a francesa Da Rosa Comptoir; e a chinesa Milan Gold Coffee.

Fonte: Assessoria de Comunicação BSCA (Paulo André Colucci Kawasaki)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *