Barista paulista vence o 1º Campeonato Brasileiro de Aeropress

Imprimir

 

Edgar Martins (Urbe Café Bar) é o barista campeão.Edgar Martins (Urbe Café Bar) é o barista campeão

A expectativa foi grande para o primeiro campeonato do método Aeropress no Brasil. Edgar Martins, do Urbe Café Bar, de São Paulo (SP) é o grande vencedor da primeira edição. O barista nascido em Piracaia (SP) irá representar o Brasil no mundial, em Seattle, Estados Unidos, no início do mês de abril, com mais 32 países.

A vitória foi muito comemorada pela equipe do Urbe Café, cafeteria que nasceu em 2011 com a proposta de servir café de qualidade na região do Baixo Augusta. Uma ideia que no início poderia parecer loucura e que deu muito certo. Fabio Pereira, proprietário da casa, conta que está muito feliz com o movimento da cafeteria, que serve em média, 6 mil xícaras ao mês de dois blends torrados pelo Coffee Lab (São Paulo).

O Coffee Lab abocanhou o segundo lugar, com o barista João Perez, que disputou seu primeiro campeonato e é um dos braços-direitos da proprietária da casa, Isabela Raposeiras. O terceiro lugar ficou com Simone de Assis, profissional da Fazenda Ambiental Fortaleza (FAF), em Mococa, SP. Simone tem uma história à parte, que valia outra matéria. Quem nos contou foi o patriarca da fazenda, Marcos Croce, que orgulhoso diz que Simone nasceu na região, estudou na escolinha da fazenda, no projeto social criado por sua esposa Silvia, e hoje é a responsável por toda a exportação do café que sai de Mococa. Uma responsabilidade e tanto.

espresso-2

Como funciona
As regras do campeonato são bem simples e o clima de descontração contribui muito para o sucesso da competição entre os baristas e profissionais do mercado de café.

O campeonato é formado por chaves de três competidores. Eles devem preparar os cafés na aeropress em 8 minutos. O interessante desta competição é que o café é o mesmo para todos os baristas. O que vale é a forma como o profissional o prepara. Aí entram as variáveis de moagem, temperatura da água, tempo de infusão e a pressão na extração. Três juízes avaliam os três cafés, que são servidos em xícaras de prova às cegas, ou seja, o café chega para eles sem saberem quem preparou. Após provarem, cada um vota no seu preferido da mesa e a xícara é levantada. Embaixo dela há uma identificação do barista, que é selecionado para a próxima fase.

A emoção de saber de quem é o café e o suspense na hora de revelar são as grandes sacadas deste campeonato. A plateia torce para o seu barista preferido e até o final a expectativa é grande entre todos.

aeropress_campeonato_

Campeonato Brasileiro de Aeropress
O primeiro ano do Brasil foi de casa cheia, com 18 competidores. A ideia foi encabeçada pelo norueguês Eystein Veflingstad (que hoje vive em Salvador e trabalha na torrefação da Feito a Grão e tem a sua consultoria em café Terceira Onda). Durante a Semana Internacional do Café, em setembro de 2014, ele e Felipe Croce, proprietário da Fazenda Ambiental Fortaleza, amadureceram a ideia de realizar a competição no Brasil. Meses de preparação e muitos contatos depois, o campeonato aconteceu em São Paulo, no Studio FAF, para uma plateia de mais de 80 pessoas da área do café de diversas partes do País.

Os juízes foram Eystein, Felipe e Isabela Raposeiras, que provaram 27 cafés para chegar ao campeão. Nas semifinais e finais a missão tornava-se um pouco mais difícil, pois a diferença entre eles era sutil: “mas apesar de ser o mesmo café dá para perceber sabores distintos”, afirma Isabela. Nem sempre a decisão dos juízes foi unânime, mas não houve empate nas rodadas.

O que é Aeropress?
O preparo já é bem conhecido das cafeterias de qualidade pelo País, mas bem pouco popular para o consumidor. Para explicar de forma bem simples, a Aeropress consiste em uma grande seringa, onde o café moído é colocado junto com a água quente, misturado e infusionado; e a extração ocorre após a pressão do barista no êmbolo superior. O método foi criado nos Estados Unidos há somente dez anos, em 2005, por Alan Adler, da Aerobie.

João Perez, Simone de Assis e Edgar Martins.João Perez, Simone de Assis e Edgar Martins

Quem foram os participantes
Participaram 18 competidores de 10 cidades do Brasil:
Jéssica Maciel de Oliveira (Café du Coin, Cascavel-PR), Liana David Macedo (Café Clandestino, Brasília-DF), Bruno Albernaz Gomes Milek (Rause Café + Vinho, Curitiba-PR), Gabriel Gomes Robin (Café Clandestino, Brasília-DF), Amanda Longo Maines (4 Beans Coffee Co.,Curitiba-PR), Zélio Augusto Santana Filho (Uma Origem Ltda, Florianópolis-SC), Eraldo Pereira dos Santos (Espresso Arte, São Paulo-SP), João Francisco de Paula Perez (Coffee Lab, São Paulo-SP), Luciano Salomão (Wolff Café, São Paulo-SP), Juliano Andrei Lamur (Casa Café, Curitiba-PR), Simone de Assis Marcili (Fazenda Ambiental Fortaleza, Mococa-SP), Pedro Paulo Santos Santiago (Autônomo, Niterói-RJ), João Hamilton dos Santos (Sitio Canaã, Caconde-SP), Alex Pereira Santos (Biobarista, São Paulo-SP), Edgar Martins (Urbe Café Bar, São Paulo-SP), Pablo Alejandro André (Laika Café, Brasília-DF), Felipe Pinto de Souza (Have a Coffee, Vitória-ES) e Talita Pereira Machado (Malerba Café, Lorena-SP).

Para as semifinais classificaram seis baristas: Eraldo Santos (Espresso Arte), Simone Assis (FAF), João Perez (Coffee Lab), Gabriel Robin (Café Clandestino), Edgar Martins (Urbe Café) e João Hamilton (Sítio Canaã).

A final foi disputada por Edgar Martins (Urbe Café Bar), João Perez (Coffee Lab) e Simone de Assis (FAF).

Patrocinaram o campeonato: BSCA (Brazil Specialty Coffee Association), FAF Coffees, Isso É Café, Coffee Lab, Terceira Onda Consultoria em Café, Industrial Atilla, DeLonghi, Mahlkönig.

Quem criou?
O primeiro campeonato de Aeropress foi realizado em 2008, em Oslo, na Noruega. Criado pelo mestre de torra Tim Varney, e apoiado também pelo barista campeão mundial Tim Wendelboe, ganhou muita força e hoje é realizado em 32 países.
O Campeonato Mundial de Aeropress 2015 será realizado em Seattle, Estados Unidos, no dia 9 de abril, às 19h, em um espaço de eventos, o Within Sodo.

Receita do campeão
15,5 g de café moído pelo um Hario Ceramic Slim.
155 g de água mineral VOSS 80C.
Colocar 15,5 gramas de café na Aerobie AeroPress invertido e adicionar 55 ml de água 80 graus, agitar em movimentos circulares 10 segundos, completar com 100 ml de água, girar e passar lentamente 30 segundos.

Fonte: Revista Espresso via Rede Social do Café

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *