Áreas cafeeiras serão definidas via satélite

Imprimir

A safra de café terá as áreas definidas por satélite a partir de novembro, pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

O recurso para a realização da pesquisa foi liberado pela Secretaria de Produção e Comercialização do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), de acordo com portaria publicada 6ª feira no Diário Oficial da União.

Serão investidos R$ 1,7 milhão para a contratação de pessoal, compra de equipamentos de processamento de imagens e na compra de fotos por satélite.

O projeto de Aperfeiçoamento da Metodologia do Sistema de Previsão de Safra no Brasil começa a ser implantado em Minas Gerais, Espírito Santo e São Paulo, que correspondem a mais de 70% da safra nacional do grão.

O levantamento de safra, atualmente é feito apenas por amostragem, em pesquisa de campo, com entrevistas a entidades do setor cafeeiro. A partir de agora, a Conab passa a usar também geotecnologias como o sensoriamento remoto, GPS (rastreamento por satélite) e sistemas de informações geográficas.

O projeto é uma parceria com onze instituições federais e estaduais. Com o novo sistema, a empresa terá maior qualidade de informação e maior precisão no levantamento da produtividade do café, pois irá usar também estatísticas agrometeorológicas.

Fonte: Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *