3º Prêmio Conilon Especial Aberto concurso para premiar cafés especiais

Imprimir

Há poucos anos falar de qualidade no café conilon poderia ser considerado algo absurdo, onde para muitos, o café apenas servia como blend para a espécie arábica. Identificando as mudanças e propondo a consolidação e disseminação destas novas foi lançado o 3º Prêmio Conilon Especial – Concurso Estadual Conilon de Qualidade.

Premiar, promover o cultivo e comércio de cafés conilon de qualidade, bem como disseminar as boas práticas de produção. Estes são os principais objetivos do concurso que foi lançado na manhã de terça-feira, dia 01/07. A cerimônia aconteceu na Fazenda Paraíso, da Fertilizantes Heringer, e reuniu produtores, pesquisadores, técnicos empresas, patrocinadores e autoridades.

Desde a tarde de terça-feira, as agências do INCAPER de todo o Espírito Santo já estão preparadas para receber as inscrições e as amostras. O projeto premiará os melhores produtores de cafés conilon do Estado a partir de seletivas municipais/ regionais. Ainda era realizada a etapa estadual com os melhores cafés da categoria natural e uma única etapa no cereja descascado.

Um novo cenário

Durante a cerimônia de abertura o organizador do concurso, Arthur Fiorot, da Conilon Brasil, destacou que a realização do concurso reafirma o novo cenário da cafeicultura capixaba. Onde a produtividade passa a ser associada a qualidade e a melhores condições de vida dos produtores. Arthur ainda ressaltou que cada empresa presente já desenvolve seus trabalhos acreditando neste novo cenário, e que o 3º Prêmio Conilon Especial consegue convergir estes esforços.

Antecipando o lançamento, a apoiadora do concurso, Nestlé, apresentou os programas já desenvolvidos na promoção da qualidade. O Gerente Técnico da Nestlé, Pedro Malta, destacou-se o compromisso garantir a qualidade e a sustentabilidade do café conilon desde o plantio até a chegada na mesa do consumidor. Onde, a partir da marca NESCAFÉ®, participou comouma das fundadoras do Código Comum da Comunidade Cafeeira (4C). “Essa é uma das premissas do trabalho desenvolvido pela Nestlé, por meio da marca NESCAFÉ® com os cafeicultores do Estado do Espírito Santo” – apresentou.

Como anfitriã do evento, a Fertilizantes Heringer apresentou suas estratégias e planos de ação. Onde, com poucas palavras, seu sócio-fundador e Presidente do Conselho, Dalton Dias Heringer, sintetizou o sentimento dos presentes “Produzir café do jeito que se produz o conilon nosso Estado, só com milagre, com muito esforço do produtor rural”.

Disseminando a qualidade

Entre os principais objetivos do Concurso Estadual de Conilon de Qualidade estão premiar e, principalmente, fomentar a produção de conilon de qualidade. A proposta se dá em um cenário onde empresas voltam-se ao mercado capixaba na busca destes produtos. São procurados cafés que sejam bem produzidos, colhidos, beneficiados e que seus produtores também tenham qualidade de vida. Todo o concurso conta com o apoio do Governo do Estado, Secretaria Estadual de Agricultura e INCAPER e várias prefeituras.

Representando o Governo do Estado, o Diretor Presidente do INCAPER, Maxwuel Assis de Souza, lembrou os esforços do instituto no desenvolvimento de técnicas que promovam produtividade e qualidade. “Nossas agências estão prontas para contribuir recebendo as inscrições deste concurso tão importante para o nosso conilon” – destacou.

O 3º Prêmio Conilon Especial – Concurso Estadual de Conilon de Qualidade receberá as amostras das duas categorias, natural e cereja descascado, entre o dias 01/07 e 26/08. Sua realização será nas etapas municipais/regionais para a categoria natural; bem como de uma única etapa estadual para o cereja descascado. Ocorreu ainda a definição para a parceria com o Prêmio Pio Corteletti (Prêmio promovido pela Coopeavi) ao Concurso Estadual de Conilon de Qualidade. Os melhores cafés conilon Espírito Santo receberão prêmios no valor de R$ 50 mil.

O 3º Prêmio Conilon Especial – Concurso Estadual Conilon de Qualidade conta com inúmeros parceiros e estiveram presentes na cerimônia. Entre os vários parceiros do Prêmio estão empresas como Nestlé, com a marca NESCAFÉ® que é pioneira no desenvolvimento de ações baseadas no conceito de criação de valor compartilhado na cadeia produtiva de café conilon. A Fertilizantes Heringer, Coopeavi, Sebrae, Unimed Norte Capixaba, Pinhalense, Metalúrgica Fardin, Viveiro São Gabriel, Kubit Comércio Café, Cooabriel, Pentair, ImoControl, CQI, Agrobis, BUNN.
Conilon na História

O café faz parte da vida dos seres humanos há milhares de anos. No Espírito Santo, faz parte da história e integra o patamar de principal produto agrícola do Estado. Tamanha é a produção, que se fosse um país, os capixabas seriam um dos maiores produtores mundiais deste tipo de bebida. Os números indicam que em 2013 chegou-se a produção de 8,7 milhões de sacas de conilon. Após superar inúmeros desafios no quesito produtividade, os produtores agora deparam-se com o desafio da qualidade.

Diário da Barra – Vitória/ES

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *