Unidade de observação mostra resultados em área de café irrigado

Imprimir

A Unidade de Observação da cultura do café instalada na propriedade do agricultor José Avelino Cesconetto, em Alvorada do Oeste, recebeu nesta semana a visita de uma equipe técnica da Emater. A técnica ali utilizada é a de café irrigado por aspersão convencional que vem apresentando bons resultados. O objetivo foi acompanhar os trabalhos que estão sendo realizados na propriedade.

A Unidade foi implantada no quilômetro 8 da linha 106, nas proximidades do distrito de Terra Boa, em uma área de 0,9 hectares. As atividades no local começaram em 2010 com café da variedade Conilon, feito a partir de seleção de sementes de plantas da propriedade.

A proposta da Unidade é avaliar a influência da água na produtividade da lavoura de café associado aos tratos culturais empregados durante o ciclo de produção da planta. Segundo o gerente da Emater em Alvorada do Oeste, Luciano Brandão, “o clima vem influenciando muito para a baixa produtividade devido aos veranicos prolongados na região”. Assim era preciso encontrar meios de evitar essa influência e garantir maior produtividade na área.

Para solucionar esse problema os técnicos realizaram medição de vazão da água a fim de instalar equipamentos de irrigação e coleta de solo para análise. “Os equipamentos foram instalados em 2011 e também foram feitas a medição da área de cobertura dos aspersores para acompanhamento das plantas que receberão água, adubação conforme o resultado da análise de solo e tratos fitossanitários”, explica o extensionista Flávio Gonçalves que acompanha a unidade.

A experiência vem obtendo resultados. O extensionista Geovani Tomiazzi, que também presta assistência na unidade, conta que no ano passado, devido ao veranico que ocorreu, obteve-se um rendimento de 15 sacas/ha na área. “Hoje, através dos trabalhos realizados com o sistema de irrigação e tratos culturais, o agricultor tem demonstrado estar satisfeito com o resultado da lavoura e estima uma produtividade de mais de 80 sacas/ha na área”.

Os extensionistas vão continuar acompanhando a evolução da unidade de observação e para isso, contam ainda com os trabalhos dos extensionistas e especialistas em irrigação e em cafeicultura, Antônio Francisco e Milton Messias.

Fonte: Assessoria Emater

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

dapurtoto

dapurtoto

dapurtoto

dapurtoto

dapurtoto

dapurtoto

dapurtoto

dapurtoto

dapurtoto

bo togel terpercaya

situs togel terpercaya

situs togel terpercaya

10 situs togel terpercaya

situs toto

bo togel terpercaya

agen togel terpercaya

situs togel terpercaya

situs togel resmi

bandar togel online

bandar togel terpercaya

link togel

link slot dana

10 situs togel terpercaya

situs togel terpercaya

5 bandar togel terpercaya

situs toto

situs toto

bandar togel terpercaya

agen togel terpercaya

bo togel terpercaya

situs togel terpercaya

bandar togel terpercaya

slot deposit 5rb

situs toto

toto togel

situs toto

toto togel

situs toto

10 situs togel terpercaya

situs togel resmi