PAUSA PARA O CAFEZINHO: Novo estudo descobre que pássaros e abelhas podem impulsionar a produção de café

Imprimir
Os polinizadores são um componente importante na maior parte da agricultura, mas novas pesquisas relatam que essa dupla desempenha um papel essencial na produção de grãos de café que pode beneficiar muitos cafeicultores.

Um novo estudo inovador descobriu que os efeitos positivos combinados de pássaros e abelhas na frutificação e uniformidade dos frutos, fatores chave em qualidade e preço – foram maiores do que seus efeitos individuais, mostra o estudo. Sem pássaros e abelhas, o rendimento médio caiu quase 25%, avaliado em cerca de US$ 1.066 por hectare (aproximadamente R$5.006,04) por hectare de café.

Isso é importante para a indústria cafeeira de US$ 26 bilhões – incluindo cafeicultores, torrefações, baristas, cooperativas, e outras corporações que dependem do trabalho não remunerado da natureza para sua agitação matinal – mas a pesquisa tem implicações ainda mais amplas.

Para o experimento, pesquisadores da América Latina e dos Estados Unidos manipularam plantas de café em 30 fazendas, eles testaram quatro cenários principais: atividade de pássaros sozinho (controle de pragas), atividade de abelhas sozinho (polinização), nenhuma atividade de pássaros e abelhas e, finalmente, um ambiente natural, onde abelhas e pássaros eram livres para polinizar e comer insetos como o broca do café, uma das pragas mais prejudiciais que afetam a produção de café em todo o mundo.

“Até agora, os pesquisadores normalmente calculavam os benefícios da natureza separadamente e depois simplesmente os somavam”, diz a principal autora Alejandra Martínez-Salinas, do Centro de Pesquisa e Ensino Superior Agropecuário Tropical (CATIE). “Mas a natureza é um sistema interativo, cheio de importantes sinergias e compensações. Mostramos a importância ecológica e econômica dessas interações, em um dos primeiros experimentos em escalas realistas em fazendas reais.”

“Esses resultados sugerem que avaliações anteriores de serviços ecológicos individuais – incluindo grandes esforços globais como o IPBES ( Plataforma Intergovernamental sobre Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos) podem realmente subestimar os benefícios que a biodiversidade proporciona à agricultura e ao bem-estar humano”, diz Taylor Ricketts do Instituto Gund para Meio Ambiente da Universidade de Vermont. “Essas interações positivas significam que os serviços ecossistêmicos são mais valiosos juntos do que separadamente.”

“Uma razão importante pela qual medimos essas contribuições é ajudar a proteger e conservar as muitas espécies das quais dependemos, e às vezes damos como garantidas”, diz Natalia Aristizábal, doutoranda no Instituto Gund de Meio Ambiente da UVM e na Escola Rubenstein de Meio Ambiente e Recursos Naturais…“Pássaros, abelhas e milhões de outras espécies sustentam nossas vidas e meios de subsistência, mas enfrentam ameaças como a destruição do habitat e as mudanças climáticas”.

Um dos aspectos mais surpreendentes do estudo foi que muitos pássaros que controlam pragas de plantas de café na Costa Rica migraram milhares de quilômetros do Canadá e dos EUA, incluindo Vermont, onde a equipe da UVM (The University of Vermont) está sediada. A equipe também está estudando como as mudanças nas paisagens agrícolas afetam a capacidade dos pássaros e das abelhas de fornecer benefícios à produção de café. Eles são apoiados pelo Serviço de Pesca e Vida Selvagem dos EUA por meio da Lei de Conservação de Aves Migratórias Neotropicais.

Participaram deste estudo: Martínez-Salinas (Nicarágua), Ricketts (EUA), Aristizábal (Colômbia), a equipe internacional de pesquisa do CATIE (Centro de Pesquisa e Ensino Superior Agropecuário Tropical) Adina Chain-Guadarrama (México), Sergio Vilchez Mendoza (Nicarágua) e Rolando Cerda (Bolívia).

Essa descoberta poderá trazer melhorias do habitat para apoiar a biodiversidade nativa, além de vários benefícios para o café, uma cultura valiosa que sustenta a subsistência rural em todo o mundo.

Fonte: Universidade de Vermont e Comunicaffe

O que achou da nossa matéria?! Compartilhe conosco!

Uma ótima semana a todos, abraço e até o próximo e saboroso cafezinho.

lilian-trigolo

 

 

Lilian Trigolo
Cafeicultora e Coffee Lover – apaixonada pelo universo do café, e toda a sua cultura cafeeira.

Instagram: @liliantrigolo
E-mail: lilianmg.trigolo@gmail.com