PAUSA PARA O CAFEZINHO: Entrevista com Andrea Illy, presidente da illycaffè

Imprimir
Na última quinta-feira (5/5), Andrea Illy, presidente da illycaffè esteve no Brasil para 31º Prêmio Ernesto Illy de Qualidade Sustentável do Café para Espresso, e concedeu uma entrevista antes da premiação. Tive a honra de estar presente na coletiva em São Paulo, depois de um longo período de pandemia do covid-19.

Andrea IIIy inicialmente ressaltou a sua satisfação e alegria em retornar ao Brasil depois do distanciamento social ocasionado pela pandemia, e falou do 31º Prêmio Ernesto Illy de Qualidade Sustentável do Café para Espresso, uma história inIciada em 1991 pelo seu pai Ernesto Illy, que abriu o mercado internacional para estimular cafeicultores a produzirem cafés de qualidade com uma troca de conhecimentos e experiências dentro da cadeia de produção, e diz se sentir orgulhoso de toda essa iniciativa pioneira que já reconheceu o trabalho de 1.500 cafeicultores, só nesta edição foram 740 amostras inscritas.

A partir desta premiação nacional surgiu a inspiração para criação da premiação internacional- Ernesto Illy International Coffee Award, que completa este ano sua 7º edição reunindo 27 cafeicultores de 9 países inclusive do Brasil, já que os três vencedores vão representar o Brasil na disputa na premiação internacional, que será realizado em Nova York, no segundo semestre.

A illycaffè faz cerca de 300 visitas anuais em fazendas produtoras de café no Brasil levando conhecimento para os cafeicultores,segundo Andrea Illy, os cafeicultores brasileiros são muito receptivos e abertos para inovação, e por essas atitudes dos cafeicultores brasileiros tiveram esse sucesso com o prêmio Ernesto illy de Qualidade Sustentável do Café para Espresso, ele relembra que conseguiram depois de 10 anos do início da premiação comprar 100% dos cafés do Brasil diretamente dos produtores, no início eram apenas 10% de amostras que recebiam dos cafeicultores, os cafeicultores brasileiros tem muita disponibilidade de aprender, enfatiza Andrea IIIy.

Percebemos nas últimas visitas que realizamos nas fazendas de produtores depois de 2 anos de covid, um aumento das novas gerações mais envolvidas no trabalho da fazenda da família, e está nova geração está mais pronta, são mais curiosos para novidades, querem aprender e isso contribui muito para a melhoria dos processos e qualidade dos grãos, relata a diretora de ética Anna Illy.

Andrea IIIy, também relatou a necessidade urgente de um novo modelo de desenvolvimento socioeconômico regenerativo que seja capaz não apenas de reutilizar recursos tentando não produzir resíduos, mas também revitalizar o capital natural ao mesmo tempo com o bem estar do homem e do planeta, essa consideração geral vale também para o mundo do café, principal fonte de renda de mais 25 milhões de famílias em 50 países, hoje seriamente ameaçado pelo aquecimento global, segundo estimativas grande parte de área utilizada para o cultivo de café não será mais adequada até 2050, a descarbonização torna se agora uma prioridade absoluta não apenas para o café mas para todo o setor do agronegócio , responsável por 25% da emissão de gases de efeito estufa, a busca por rendimentos cada vez maiores típico da agricultura convencional levou a solos mais pobres e a perda da biodiversidade, finaliza Andrea IIIy.

Segundo Andrea IIIy, esse ciclo vicioso pode ser invertido e se tornar virtuoso por um desenvolvimento de modelo produtivo regenerativo que sequestra carbono no ar e regenera o solo com matéria orgânica, tornando o mais fértil e potencializando suas defesas naturais, essa é uma abordagem experimental da illycaffè baseada na aplicação da agricultura regenerativa do ecossistema sendo a primeira parte de um plano global de sustentabilidade para a empresa se tornar neutra em carbono até 2033, se tornando um modelo escalável em todo o mundo, este projeto leva em consideração toda a cadeia de fornecimento utilizando as melhores tecnologias, pesquisas e processos de produção para desenvolver produtos cada vez mais ecologicamente corretos trazendo também melhoria da economia circular.

A illycaffè inaugurou sua primeira loja conceito aqui no Brasil no ano passado, e acaba de passar por uma ampliação na loja para oferecer mais diversidade na oferta de produtos entregando na xícara um café de excelência, aonde apaixonados pela bebida podem desfrutar uma experiência sensorial, intelectual, estética, sentindo o típico estilo de vida italiano ao degustar um café espresso em um espaço com uma atmosfera única que une café, cultura, arte e culinária, e com um design convidativo, acolhedor e contemporâneo. “É melhor ter uma loja boa do que cinco ruins”, explicou Andrea Illy, presidente da illycaffè.

É difícil fazer uma previsão a longo prazo, igual o lockdown de Xangai foi uma surpresa, até quando teremos surpresas por causa do covid-19, não dá para fazer previsão, visto que o problema logístico ainda não foi normalizado, relata Andrea IIIy.

Os preços de café dobraram devido ao problema logístico mundial ocasionado pelo covid-19 fechando a maioria dos portos do mundo, prejudicando toda a logística marítima do resto do mundo, isso aliado a uma crise sistêmica, ambiental, sanitária, econômica e social que trouxe um grande impacto no valor, afirma Andrea Illy.

A illycaffè já havia adequado a sua plataforma de ecommerce mundial um mês antes de iniciar a pandemia, e rapidamente fez uma adaptação do mix de produtos dando prioridade para os produtos de consumo doméstico, o impacto inicial com a pandemia foi grande pois a maior fatia do faturamento da empresa era o consumo fora de casa. “O ecommerce estava começando a decolar na época, o que ajudou a compensar de certa forma, mas tivemos que reduzir custos para sobreviver no que foi totalmente inesperado e imprevisível, os resultados já foram superiores a 2019 que foi um último ano normal antes do covid-19, e em 2022 já se projeta um crescimento de 70% acima de 2021, estamos confiantes”, relata o diretor da illycaffè Sud America, Frederico Canepa.

O que achou da nossa matéria?! Compartilhe conosco!

Uma ótima semana a todos, abraço e até o próximo e saboroso cafezinho.

lilian-trigolo

 

 

Lilian Trigolo
Cafeicultora e Coffee Lover – apaixonada pelo universo do café, e toda a sua cultura cafeeira.

Instagram: @liliantrigolo
E-mail: lilianmg.trigolo@gmail.com