Novas perspectivas para o melhoramento convencional do cafeeiro

Imprimir

O VII Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil, que acontecerá de 22 a 25 de agosto, em Araxá (MG), está com sua programação definida, tendo confirmadas participações de nomes destacados nas diferentes áreas do conhecimento e da pesquisa em café. Para coordenar o painel de discussão sobre “Novas perspectivas para o melhoramento convencional”, no dia 24 de agosto, foi convidado o professor do Departamento de Biologia da Universidade Federal de Lavras (Ufla), Magno Antônio Patto Ramalho, doutor em Genética e Melhoramento de Plantas.

Ramalho dividirá sua apresentação em três momentos, iniciando com um relato sobre a história do melhoramento do cafeeiro no Brasil. “Posteriormente iremos discutir sucintamente o que se tem atualmente a respeito do conceito de gene. O objetivo é mostrar que não há substituto para a avaliação das linhagens sob condição de campo. No terceiro momento será realizada uma proposta de condução de um programa de melhoramento do cafeeiro”, completa o professor.

O melhoramento convencional enfatiza o uso de técnicas de genética Mendeliana, não recorrendo, nesse painel, à abordagem de técnicas de biotecnologia – estas serão tratadas especificamente no painel de discussão “Biotecnologia na cafeicultura”, também na PROGRAMAÇÃO do Simpósio.

Para Ramalho o uso de técnicas de melhoramento do cafeeiro, desde o pesquisador Alcides de Carvalho, contribuiu enormemente para o agronegócio do café no Brasil. “Mais recentemente jovens melhoristas estão começando os seus programas de pesquisa. Evidentemente, tudo o que foi realizado no passado teve e tem sua importância. O que será proposto é uma alternativa para tornar o processo ainda mais eficiente”, ressalta.

Em relação à pesquisa, o professor diz acreditar que o Brasil possua o maior contingente, e bem qualificado, de melhoristas de café do mundo. “Existem profissionais bem experientes e número expressivo de jovens doutores. O que esperamos é o intercâmbio de experiência entre esses grupos e também com aqueles que trabalham com outras espécies”.

As inscrições para o Simpósio continuam abertas, o tema desta edição é “Articulação em Redes de Pesquisa e Novas Fronteiras do Conhecimento”. O VII Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil é promovido pelo Consórcio Pesquisa Café, com organização da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), Ufla e Universidade Federal de Viçosa (UFV), e co-organização da Embrapa Café.

Acesse aqui o SITE do evento, faça sua inscrição e participe.

Fonte: Área de Comunicação & Negócios da Embrapa Café

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

dapurtoto

dapurtoto

dapurtoto

dapurtoto

dapurtoto

dapurtoto

dapurtoto

dapurtoto

dapurtoto

bo togel terpercaya

situs togel terpercaya

situs togel terpercaya

10 situs togel terpercaya

situs toto

bo togel terpercaya

agen togel terpercaya

situs togel terpercaya

situs togel resmi

bandar togel online

bandar togel terpercaya

link togel

link slot dana

10 situs togel terpercaya

situs togel terpercaya

5 bandar togel terpercaya

situs toto

situs toto

bandar togel terpercaya

agen togel terpercaya

bo togel terpercaya

situs togel terpercaya

bandar togel terpercaya

slot deposit 5rb

situs toto

toto togel

situs toto

toto togel

situs toto

10 situs togel terpercaya

situs togel resmi