Comissão Nacional do Café da CNA discute ações para 2022

Imprimir
José Edgar Pinto Paiva
Novo presidente da Comissão Nacional do Café da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), José Edgard Pinto Paiva

A Comissão Nacional do Café da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) se reuniu na segunda (25) para discutir as ações para 2022 e o panorama do mercado cafeeiro.

O novo presidente da Comissão, José Edgard Pinto Paiva, e o vice-presidente, Thiago Luiz Orletti, falaram aos membros da Comissão sobre a importância da atuação do colegiado na construção de agendas estruturantes para o setor.

“A nossa intenção é realizar uma presidência efetiva e presente, que trabalhe projetos estruturais e estratégicos para a cafeicultura a serviço dos produtores brasileiros. Nosso objetivo será trabalhar pela cafeicultura e pelo cafeicultor”, afirmou Paiva.

As ações prioritárias da Comissão para este ano incluem projetos voltados para a agregação de valor e a venda direta de cafés diferenciados; a promoção do seguro rural para a cafeicultura; estatísticas do setor; e a orientação aos produtores quanto aos contratos de venda antecipada de café.

Também foi apresentado o panorama do mercado cafeeiro, em palestra do professor do Centro de Inteligência em Gestão e Mercado da Universidade Federal de Lavras (CIM/UFLA), Luiz Gonzaga de Castro Junior.

Gonzaga falou sobre os números da série histórica da safra brasileira, das cotações e das perspectivas quanto ao cenário global de oferta e demanda.

Ele ressaltou que o Brasil precisa avançar em setores chaves para reduzir o risco institucional – fertilizantes, defensivos, comercialização, gestão e demais tecnologias –, além de caracterizar, mensurar e analisar a mão de obra do setor.

Participaram do encontro a assessora da Comissão, Raquel Miranda, além de representantes das federações estaduais de agricultura e pecuária.

Fonte: Comunicação CNA