Café registra ganhos na Bolsa de Londres com feriado nos EUA

Imprimir

Os preços futuros do café robusta negociado na Bolsa de Londres fecharam em alta nesta segunda-feira, refletindo movimentação de investidores. O mercado trabalhou sem referência da Bolsa de Nova York ontem (onde é negociada a variedade arábica), que ficou fechada devido ao feriado de Dia do Trabalho nos Estados Unidos. As notícias, contudo, indicam que os preços do café continuarão acumulando valorização nas próximas sessões. O clima segue seco nas regiões produtoras do Brasil e de outros países da América Central, e pode causar danos à próxima safra. O contrato para novembro, atualmente o mais negociado, ganhou US$ 26 (1,27%) e fechou a US$ 2.081 por tonelada.

O cacau, também negociado em Londres, fechou em baixa pela segunda sessão consecutiva ontem, refletindo a maior oferta da amêndoa. Na sexta-feira, a Organização Internacional do Cacau (ICCO, na sigla em inglês) estimou superávit de 40 mil toneladas para o ano safra que se encerra no dia 30 de setembro. A projeção anterior era de déficit de 75 mil toneladas.

O contrato para dezembro do cacau cedeu US$ 8 (0,40%) e terminou a segunda-feira a US$ 2.009 por tonelada. Já o açúcar refinado registrou ganhos, apesar da ampla oferta do produto no mercado global. O vencimento outubro ganhou US$ 1,50 (0,35%) e fechou cotado a US$ 424,60 por tonelada. Analistas ponderam, no entanto, que a commodity deve seguir registrando desvalorizações mesmo com aumento da demanda.

Fonte: O Estado de S. Paulo (Tássia Kastner)

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *