BSCA promove cafés especiais do Brasil no “Helsinki Coffee Festival”

Imprimir
A Embaixada do Brasil em Helsinque, na Finlândia, em parceria com a Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA) e a Agência Brasileira de Promoção de Investimentos (ApexBrasil), participou, de 22 a 24 de abril, do “Helsinki Coffee Festival”, considerado o maior evento de café nos países nórdicos.

No festival, voltado a profissionais do setor cafeeiro da região e “coffee lovers”, o Brasil contou com um estande para divulgação e degustação dos cafés especiais do país, originários do Sul de Minas, Mantiqueira de Minas, Cerrado Mineiro e Montanhas do Espírito Santo. Além de servidos aos presentes, esses grãos tiveram amostras entregues a potenciais compradores.

“A Finlândia possui o segundo maior consumo per capita do mundo e é um importante comprador dos cafés do Brasil, com destaque para o produto especial. A região, como um todo, destaca-se em consumo e importação, o que torna essencial a presença no ‘Helsinki Coffee Festival’, onde pudemos evidenciar todas qualidade, sustentabilidade e disponibilidade em quantidade dos cafés brasileiros a esse importante mercado, visando agregar valor e ampliar negócios”, comenta Henrique Cambraia, presidente da BSCA.

Além da participação no principal festival do setor nos países nórdicos, a Embaixada do Brasil em Helsinque elabora um documentário sobre a presença do café brasileiro na Finlândia. Entre outras informações, o material contará com depoimentos de especialistas, entre os quais o presidente da BSCA.

BRAZIL. THE COFFEE NATION
A participação brasileira no “Helsinki Coffee Festival” é mais uma ação do projeto setorial “Brazil. The Coffee Nation”, que é desenvolvido pela BSCA e pela ApexBrasil com foco na promoção comercial do produto nacional no mercado externo. O objetivo é reforçar a imagem dos grãos brasileiros em todo o mundo e posicionar o país como fornecedor de alta qualidade, com utilização de tecnologia de ponta decorrente de pesquisas realizadas.

O projeto atual tem como mercados-alvo: i) África do Sul, Austrália, China, Coreia do Sul, Emirados Árabes Unidos, Espanha, Estados Unidos, França, Japão, Malásia, Polônia, Rússia e Taiwan para os cafés crus especiais; e ii) Canadá, Chile, China e Estados Unidos para os produtos da indústria de torrefação e moagem.

O projeto visa, ainda, expor os processos exclusivos de certificação e rastreabilidade adotados na produção nacional de cafés especiais, evidenciando sua responsabilidade socioambiental e incorporando vantagem competitiva aos produtos brasileiros. As empresas que ainda não fazem parte podem obter mais informações diretamente com a BSCA, através dos telefones (35) 3212-4705 / 99824-9845 / 99879-8943 ou do e-mail info@bsca.com.br.

Fonte: Comunicação BSCA