World Barista Championship começa hoje quinta-feira em Bogotá

Imprimir

Começa nesta quinta-feira (02) o World Barista Championship 2011, campeonato mundial de barista que vai reunir 53 campeões nacionais de todas as partes do mundo em Bogotá, na Colômbia. Esse ano, pela primeira vez, o WBC será realizado em um país produtor. O Brasil será representado pelo barista Felipe Oliveira, do Lucca Cafés Especiais (foto), que venceu a etapa nacional do concurso em março deste ano. Ele será o 24º barista a se apresentar, ainda no primeiro dia de evento (por volta das 13h, horário de Brasília). Desta etapa, sairão apenas 12 semifinalistas, que disputarão as 6 vagas da grande final do dia 5. Em todas as fases, os participantes terão 15 minutos para preparar quatro espressos, quatro cappuccinos e quatro drinques com café e sem álcool.

Em 2010, o campeonato aconteceu em Londres, na Inglaterra e teve como vencedor o barista americano Mike Phillips de Chicago, nos EUA. 53 campeões de barismo foram aplaudidos por uma platéia de mais de mil pessoas, com um público total de 29.600 na internet (visitantes único endereço IP) ao longo de 3 dias. A barista brasileira Yara Castanho, duas vezes campeã nacional, ficou em 8º lugar na disputa. Quem detém o recorde brasileiro no mundial é a barista Silvia Magalhães, que em 2007 obteve a 4ª colocação.

CURIOSIDADES SOBRE O PAÍS SEDE
A Colômbia está localizada na parte noroeste da América do Sul, com uma população de 44 milhões de habitantes. Atualmente, o país é o 3º maior produtor de café do mundo, atrás do Brasil (1º) e do Vietnã (2º). No ranking dos produtores é o que mais produz o café arábica limpo ou lavado (muito valorizado pelo ótimo sabor). Os grãos cultivados no País são um dos poucos vendidos internacionalmente com seu próprio nome. A produção de café é realizada nas regiões localizadas ao pé da Cordilheira dos Andes, onde a temperatura e a umidade são adequadas para o plantio do café. Existem aproximadamente 3 bilhões de cafeeiros na Colômbia, 2/3 encontram-se em cafezais com métodos modernos de colheita.

Texto: Rodrigo Cruz
Foto: Arquivo Espresso
Fonte:Portal Espresso

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *