Volta da chuva para o sul de Minas promete ajudar as lavouras de café

Imprimir

Voltou a chover no sul de Minas. Com a colheita do café no fim, a chuva vem em boa hora para quem planeja a próxima safra.

Em uma lavoura de sete hectares em Varginha, no sul de Minas, a colheitadeira de café não conseguiu concluir o trabalho por causa da chuva. Nem deu tempo de o agricultor Paulo Dominguete catar os grãos que já tinham caído dos pés. E, por causa da umidade, eles vão perder qualidade.

Apesar de alguns prejuízos no fim da colheita, a chuva está sendo comemorada nas lavouras de café do sul de Minas. É que ela andava meio sumida na região e voltou em um momento importante para a planta, que já andava castigada pela seca. A chuva chegou no início da florada. Um alívio para o produtor rural.

A felicidade do agricultor Renato Paiva é porque as chuvas na lavoura de 50 hectares trazem esperança de uma boa safra no ano que vem.

Até o mês de agosto, a falta de umidade no solo, o chamado déficit hídrico, era em média de 50 mm na região. “Quanto mais água no solo tiver, mais disponibilidade a planta vai ter de absorver água e nutrientes e com isso o pegamento vai ser melhor”, explica o agrônomo da Fundação Procafé, Rodrigo Naves. 

Fonte: Globo Rural (Manoela Borges)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *