Volatilidade retorna e preços continuam baixos no mercado de café, informa OIC

Imprimir

Os preços diários do café caíram para seus níveis mais baixos de 19 meses durante agosto, com os mercados de produtos básicos no mundo todo sendo afetados negativamente por flutuações monetárias e por notícias sobre a economia chinesa. As incertezas talvez aumentem, pois este ano o fenômeno do El Niño poderá ser um dos mais intensos de que há notícia, potencialmente perturbando a época e o volume das chuvas em vários países produtores.

Em julho de 2015 as exportações somaram 9,6 milhões de sacas, 3,6% abaixo do volume de julho do ano passado. Nos 10 primeiros meses do ano cafeeiro de 2014/15 (outubro a julho) elas totalizaram 92,9 milhões, 2,8% abaixo do volume do mesmo período do ano cafeeiro anterior.

Finalmente, a Conab, agência do governo brasileiro, reportou que os estoques em mãos do setor privado do país eram de 14,4 milhões de sacas no final de março de 2015, representando uma redução de 849.000 sacas no ano-safra de 2014/15.

Leia abaixo para ler a íntegra do relatório sobre o mercado cafeeiro de agosto de 2015.

 

Fonte: Organização Internacional do Café – OIC

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *