Vinte mil mudas de café clonal são doados a produtores

Imprimir

Mais 20 mil mudas de café clonal foram doados nesta semana pela Prefeitura de Porto Velho/RO a produtores rurais do entorno da capital, como o Setor Chacareiro, Bacia Leiteira, Linha 28 e propriedades ribeirinhas localizadas às margens do rio Madeira. A entrega foi feita na Feira do Produtor Rural, próximo ao antigo Shopping Popular, na avenida Rogério Weber.

Essas são as primeiras de um total de 75 mil mudas que serão doadas aos produtores do entorno da cidade. Somado com os distritos do eixo da BR 364 beneficiados pelo programa, já são 500 mil mudas de café clonal entregues pela prefeitura aos agricultores desde o ano passado. A meta é, até dezembro, entregar um milhão de mudas.

O programa foi lançado em 2013, com a instalação das primeiras unidades demonstrativas, capacitação e assistência técnica para plantio e manejo, ofertado aos produtores, além da destoca e gradagem de áreas e outros incentivos, para que os produtores possam fazer um bom cultivo e agregar valor ao produtor.

A doação de café clonal aos produtores da agricultura familiar faz parte do Programa de Revitalização da Cafeicultura (Procaf), desenvolvido pela Semagric em parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa/RO) e Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Rondônia (Emater). O objetivo é fomentar a agricultura familiar no município.

Com essa iniciativa, explicou o secretário adjunto da Semagric, Licério Soares, o município busca fortalecer a cadeia produtiva da agricultura familiar com plantas de qualidade que proporcionem maior rentabilidade aos agricultores. As mudas foram adquiridas de um viveiro do interior do Estado cadastrados no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). “Se os agricultores fizerem o plantio obedecendo as orientações passadas pelos técnicos da Semagric, eles vão poder aumentar a produtividade. Pelas nossas projeções usando essas técnicas cada um deles tem condições de colher setenta sacas de café por hectare”, disse o secretário adjunto. Em Rondônia, a média é de 18 sacas por hectare.

Fonte: Rondônia Dinâmica

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *