USDA espera safra recorde no Brasil de 55,3 milhões de sacas

Imprimir

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) afirmou hoje esperar que a produção de café do Brasil será 23% maior no ano comercial 2010/11, atingindo o recorde de 55,3 milhões de sacas.

O País é o maior produtor mundial. Além disso, a expectativa é de que o Brasil tenha colheita de arábica mais expressiva, 27% superior no ano, somando 41,8 milhões de sacas – de acordo com relatório bianual de mercado e comércio sobre a commodity.

O USDA estima que a produção 2010/11 da Colômbia totalizará 9 milhões de sacas, 9,8% superior à safra anterior. A agência do governo americano diminuiu sua expectativa para a produção 2009/10 colombiana e prevê 8,2 milhões de sacas, ante 9 milhões previstos em dezembro.

A projeção para a produção global de caf&eacut e; é um recorde, de 139,7 milhões de sacas em 2010/11. Trata-se de um crescimento de 11% em relação a 2009/10. A perspectiva é de que a produção de arábica some 86 milhões de sacas, enquanto a de robusta será de 54 milhões de sacas. No início do mês, a Organização Internacional de Café estimou a produção global 2010/11 entre 133 e 135 milhões de sacas, um pouco inferior à do USDA. As informações são da Dow Jones.

Fonte: Revista Cafeicultura

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *