Universidade colombiana investe em laboratório de café

Imprimir

Docência, pesquisa e extensão são as funções do Laboratório de Café da Universidade de Caldas, na Colômbia, que entrou em operação no dia 7 de fevereiro, com um investimento de mais de 2 milhões de dólares em equipamentos. São 20 metros quadrados, localizados no Laboratório Sensorial da Unidade Tecnológica de Alimentos da instituição, que vai beneficiar ao menos 15 estudantes por semestre.

"O laboratório funciona há dois anos, porém essa foi a inauguração com todos os equipamentos. Contamos com 20 unidades que medem qualidade do grão, trilham, testam e permitem a preparação da bebida", comentou Felix Octavio Díaz Arango, coordenador do novo espaço.

A entrega do local foi prestigiada por 20 pessoas da comunidade acadêmica, que conheceram o processo de preparação do café. Os fundos para o laboratório tiveram o aporte da Faculdade de Ciências Agropecuárias da Universidade de Caldas.

O evento foi presidido por Carlos Alberto Ruiz Villa, decano da Faculdade de Engenharia da instituição, que comentou que "esse foi o primeiro dia de uso oficial desse laboratório piloto, que tem um componente importante de pesquisa, derivado das alianças que obtivemos junto à Universidade Politécnica da Espanha", sustentou.

A Universidade de Caldas realizará no próximo mês de junho o primeiro simpósio sobre industrialização de café, que será parte dos serviços de extensão do laboratório.

Fonte: AgnoCafe

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *