Unidades do Incaper são equipadas com máscaras e álcool 70°

Imprimir
As mais de 100 unidades do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) já começaram a receber insumos como máscaras, álcool 70° e outros itens, como materiais de expediente, higiene e limpeza, enviados corriqueiramente.

A medida faz parte das ações de prevenção e combate ao novo Coronavírus e estão alinhadas com as diretrizes estabelecidas pelo Governo do Estado. Caminhões carregados com os itens são enviados para o interior, de maneira que todas as unidades estão equipadas com os suprimentos ainda no início desta semana.

O diretor administrativo-financeiro do Incaper, Cleber Guerra, destacou as medidas adotadas diante da pandemia no órgão. “Cotidianamente, estamos seguindo as orientações das autoridades sanitárias do Governo do Estado, tanto no enfrentamento da pandemia do novo Coronavirus quanto na manutenção de nossas atividades, protegendo a saúde dos nossos servidores e da sociedade capixaba”, disse.

Gerra explicou ainda que as remessas de suprimentos às unidades são frequentes, mas foram reforçadas por causa da pandemia. “O Incaper montou uma logística especial para suprir todas as suas unidades com os produtos de higiene e equipamentos adequados ao enfrentamento dessa situação. Alguns itens sempre fizeram parte destes envios periódicos às nossas unidades. Outros, como as máscaras, foram adicionados para reforçar as ações de combate ao novo Coronavírus”, disse.

Para a presidente da Associação dos Servidores do Incaper (Assin), Maísa Costa, a distribuição desses equipamentos entre os servidores é de suma importância. “Desde o início da pandemia, a Assin solicita providências com relação à distribuição desses materiais de prevenção e proteção nas unidades do Incaper. Proteger a vida tem que estar em primeiro lugar. Se o servidor não faz parte do grupo de risco, deve usar esse material da forma orientada pela Organização Mundial da Saúde. Os servidores de grupo de risco devem ficar em casa. Cuidem-se”, orientou.

Fonte: Coordenação de Comunicação e Marketing do Incaper (Por Juliana Esteves)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *