UFLA/InovaCafé promovem inauguração da Cafeteria Escola CafEsal

Imprimir
Será inaugurada na próxima quarta-feira (05/10) no Centro de Convivência da Universidade Federal de Lavras (UFLA), a Cafeteria Escola “CafEsal”. O novo ambiente foi idealizado pela Agência de Inovação do Café e Polo de Excelência do Café e é focado na conscientização e qualificação da comunidade sobre os diferentes métodos de preparo da bebida e na comercialização de cafés especiais dentro da universidade.

Quem visitar o espaço irá degustar o café produzido na UFLA, o CafEsal, nome que presta uma homenagem à antiga Escola Superior de Agricultura de Lavras (ESAL), “esse é um resgate que reforça o compromisso da universidade com a sua história, perpetuando sua tradição e reafirmando o seu legado na trajetória da cafeicultura no país e no mundo”, explica o diretor da InovaCafé, professor Luiz Gonzaga de Castro Junior.

Durante a inauguração uma equipe composta por estagiários da Cafeteria e membros dos núcleos de estudos parceiros da InovaCafé explicarão o conceito do projeto. “Além de comercializar cafés e apresentar diferentes métodos de preparo, vamos atuar como laboratório de pesquisa e ensino relacionados ao café, atuando desde sua produção até o consumo, envolvendo os alunos de graduação, pós-graduação, empreendedores e a comunidade interessada no assunto”, explica a Gestora em Inovação do Café, Barista e responsável pelo projeto, Helga Andrade.

Evento irá agregar poesia, sustentabilidade e café

Através da apresentação do escritor Carlos La Terza, quem passar pelo espaço irá conferir o livro “Leite de Pedra”, uma obra feita de forma artesanal que reúne poemas que são datilografados em filtros de café reutilizados, desses mesmo que a gente usa em casa para coar a bebida. Além das poesias, o livro traz ilustrações feitas pelo autor e que são pintadas com o próprio cafezinho. O poeta também criou o projeto “Leitura Sustentável”, que lança livros com poesias de autores mineiros utilizando somente o filtro de café reutilizado como matéria prima.

A Cafeteria CafEsal servirá como espaço para coleta de filtros de papel, assim os estudantes e a comunidade poderão entregar o material no local e o mesmo será destinado ao poeta para confecção dos livros.

Fonte: Ascom InovaCafé (Vanessa Trevisan)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *