Treinamento de poda e desbrota ajuda a melhorar qualidade do café

Imprimir

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) oferece o treinamento de Poda e Desbrota de Café com o objetivo de melhorar a qualidade e a produtividade do grão do café conilon. Com aulas teóricas e práticas tem carga horária de 16 horas, ministradas em dois dias.

São discutidos tópicos como seleção dos brotos, seleção e formação da planta e aspectos biológicos. A maior parte do treinamento é realizado em campo com o intuito de demostrar aos produtores as melhores técnicas de poda e apresentar o que de mais inovador há no mercado.

O instrutor do SENAR José Inácio Polonini falou da metodologia do curso, “primeiro é realizado um trabalho de conhecimento da turma, depois introduzimos o conteúdo teórico e por último a prática. Finalizamos mostrando resultados de trabalhos já feitos com o objetivo de incentivar o uso das práticas ensinadas”, explicou ele.

O conteúdo programático da capacitação inclui procedimentos de poda, poda de manutenção e poda programada, assim como os benefícios, ferramentas utilizadas, segurança no trabalho e ergonomia e saúde ocupacional. Além de apresentar a parte específica da poda, a programação inclui explicações sobre a Norma Regulamentadora 31, que delibera sobre questões relacionadas à segurança do trabalho.

As inscrições podem ser feitas nos Sindicatos Rurais. São 15 vagas por turma e os alunos precisam, obrigatoriamente, serem maiores de 18 anos. O SENAR oferece todo o material didático, apenas as ferramentas devem ser do acervo pessoal de cada aluno.

Nos município de Pancas vão ocorrer dois treinamentos com início previsto para os dias 03 e 05 de julho, já o município de Afonso Cláudio programou três treinamentos que começarão nos dias 11 de julho e 01 e 08 de agosto

SENAR
Fonte: Revista Cafeicultura

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *