Torrefadores europeus vão ao mercado em busca de café arábica

Imprimir

A demanda por grãos de café arábica subiu nesta semana, com os torrefadores buscando reabastecer seus estoques, disseram traders europeus nesta sexta-feira.

"Esta semana tivemos uma demanda um pouco maior pelo arábica. Temos feito um bocado de negócios, as pessoas têm voltado das férias", disse um trader europeu.

Os preços futuros do arábica estão sob pressão este mês, uma vez que o progresso da colheita do Brasil significa que há ampla oferta no mercado físico.

O contrato dezembro do café na bolsa de Nova York recuou perto de 8 por cento desde o início de agosto e estoques certificados na bolsa têm sido construídos.

"O verão (no hemisfério norte) está quase no fim, e o outuno normalmente traz mais compras ao mercado do café, no entanto, a alta dos estoques certificados não faz nada para interromper o sentimento baixista", disse a Volcafe, divisão de café da trading ED&F Man.

Os grãos MTGB do Brasil foram cotados a cerca de 16 centavos por libra-peso abaixo do contrato em NY nesta sexta-feira, contra 18 centavos abaixo na semana anterior.

Operadores disseram que o clima inesperadamente chuvoso em maio e junho reduziu a disponibilidade de grãos finos do Brasil.

"O café brasileiro fino de alta qualidade continua com diferenciais positivos. Exportadores aumentaram os preços pedidos e os diferenciais continuam mais caros do que os compradores consideram válido para acrescentar à cobertura", disse a Volcafe em relatório semanal.

ROBUSTA – CONILON

No mercado robusta, operadores disseram que o nível de exportações do maior produtor, o Vietnã, continua superando as expectativas.

Ao final do mês, o volume acumulado de exportação poderia atingir pelo menos 1,47 milhão de toneladas, ou 24,5 milhões de sacas de 60 kg, com base nas estimativas de traders para o embarque de agosto de, pelo menos, 70 mil toneladas.

"A coisa surpreendente é que o Vietnã estava ativo nas últimas semanas quando todo mundo esperava que em agosto-setembro-outubro você não encontraria nenhum café", disse um trader europeu, acrescentando que produtores conseguiram segurar mais café do que se esperava.

Fonte: Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *