Tecnologia utilizada na Coopercam chama a atenção de imprensa norte-americana

Imprimir

Com 35 anos de existência, a Cooperativa dos Cafeicultores de Campos Gerais e Campo do Meio (Coopercam), é uma das entidades cooperativistas do setor agropecuário mais atuante do sul de Minas. Sua diretoria está sempre preocupada em oferecer o que há de melhor aos seus associados e, por isso mesmo, é comprometida com as novidades do setor. Não à toa, a Coopercam é pioneira na implantação de um software que garante muito mais precisão na armazenagem do café e essa novidade chamou a atenção da imprensa nacional e internacional. Trata-se do software Agrocoffee, em funcionamento desde 2014 na Coopercam.

Conhecido de todas as cooperativas, o RFID, na Coopercam, é utilizado em conjunto com o Agrocoffee. Esse programa capta as informações coletadas pelo RFID e produz dados para consultas e operações na Coopercam. Através do RFID, é possível endereçar e localizar um BAG dentro de um armazém ou mais, por exemplo. O software ajuda nos filtros de buscas e relatórios para a gestão do armazém, principalmente para mudança de endereço dos BAG´s e para a formação de ligas de café para embarque. Com o software é possível visualizar a posição do BAG a partir de um mapa gráfico que o sistema oferece, visualizar o tipo de café, classificação e certificação.

Hendrix Brasiliense, sócio proprietário da Brasilsync, empresa que desenvolveu e comercializa o Agrocoffee, explica que “a principal vantagem do software é a gestão e automação dos processos de armazenamento de BAG, reduzindo tempo e, consequentemente, os custos operacionais. O sistema também traz todo o mapa do armazém com a localização dos BAG´s em uma plataforma Web”. Com isso, as informações ficam disponíveis aos administradores de maneira a mostrar a real situação dos estoques do armazém de café, o que ajuda em uma correta gestão das informações e nas tomadas de decisões.

“O sistema nos dá condições de desenvolver as tarefas com mais precisão, a curto prazo e com menos custos, tanto para a empresa como para o produtor. Assim, realizamos nossas movimentações internas, descargas e embarques com determinado sucesso que não tínhamos antes da implantação do sistema”, diz Carlos José Narciso, Fiel de Armazém, colaborador da Coopercam que lida diretamente com o software.

A novidade chamou a atenção da imprensa especializada do Brasil e também dos EUA. O site RFDI Journal veiculou uma matéria sobre a novidade e ressaltou a agilidade e eficiência da tecnologia utilizada pela Coopercam. Perguntado se o sistema pode ser utilizado para outros tipos de cultura, Brasiliense diz que sim. “Pode ser adaptado para outros tipos de armazenamento de grãos, bem como para silos de café, pois o sistema identifica e faz a rastreabilidade do item. As empresas também podem adotar o modelo para a gestão de adubos, que também são fornecidos em BAG’s”.

Software garante mais precisão nos estoques de café da Coopercam (Foto Divulgação) 

Fonte: Sakey Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *