Tanzânia deve ter produção de café próxima ao recorde em 2014/15

Imprimir

A produção de café da Tanzânia deve alcançar 1,15 milhão de sacas de 60 kg na safra 2014/15. O desempenho é superior às 800 mil sacas de 2013/14, mas um pouco menor em relação às 1,2 milhão de sacas no período 2012/13, que foi recorde dos últimos 50 anos, informa relatório do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA).

A melhora nos preços globais do grão, o clima favorável e os programas de expansão e reabilitação de lavouras apoiados pelo governo explicam a elevação da produção, diz o USDA. Tanzânia produz cafés robusta e arábica. Atualmente, ambos representam proporções quase iguais. A colheita ocorre no meses de julho a dezembro nas regiões norte e sul e de maio a outubro no oeste do país.

No período 2014/15, a exportação de café pela Tanzânia deve ser recorde de 975 mil sacas, estima o USDA. Japão, Itália, Alemanha e Estados Unidos são os principais destinos do produto. Os embarques são realizadas durante todo o ano por meio dos Portos de Dar es Salaam e Tanga.
Quênia

O USDA estima que a safra 2014/15 de café do Quênia, outro importante produtor da África, deve ser de 900 mil sacas de 60 kg. A produção queniana vem crescendo, impulsionada por variedades melhoradas e por elevados preços globais do grão. Apesar de ser um produtor relativamente pequeno, o Quênia é importante por causa da alta qualidade do café arábica colhido no país, observa o USDA. A exportação ocorre entre dezembro e julho para a principal safra e entre agosto e dezembro para a safra intermediária. Os principais destinos são Alemanha, Bélgica, Estados Unidos e Suécia.

Fonte: Agência Estado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *