Sudeste terá geada e recordes de frio até o fim da semana, informa Climatempo

Imprimir

O fim de semana passado foi marcado por frio muita umidade e frio no Sudeste do Brasil. O tempo chuvoso e a forte presença do ar polar derrubaram a temperatura. As capitais São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte registram recordes de frio e tiveram as tardes mais frias do ano. A falta do sol e ar polar impediram a elevação da temperatura ao longo do dia.

O ar polar intenso está sobre o mar e se afasta cada vez mais do Brasil no decorrer da semana, o que vai facilitar a elevação da temperatura. Mesmo assim, a Região Sudeste ainda deve terá novos recordes de frio. Desta vez, os recordes devem ser de madrugadas mais frias do ano. Nos próximos o “cobertor de nuvens” vai sair do Sudeste..

Veja os atuais recordes de frio das capitais do Sudeste

Geada
A sensação de frio persiste à noite, mas as tardes vão ficando cada vez mais quentes. As próximas noites serão mais geladas no Sudeste e há possibilidade de geada nas cidades mais altas da serra da Mantiqueira, na divisa de São Paulo, com o sul de Minas Gerais e o sul do Rio de Janeiro. Mas há uma possibilidade de geada também em cidades serranas fluminenses como Nova Friburgo

Confira a previsão para a Região Sudeste e veja a tendência da temperatura para São Paulo, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Vitória, Campos do Jordão, Monte Verde e Nova Friburgo

A meteorologista Josélia Pegorim explica porque o Sudeste terá noites mais geladas e possibilidade de recorde de frio.

Por que as próximas noites vão ser mais frias no Sudeste?

Fonte: Climatempo (Josélia Pegorim) via Rede Social do Café

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *