Simpósio de Cafeicultura em Manhuaçu, de 16 a 18 de março 2011

Imprimir

O Presidente da Associação Comercial de Manhuaçu (ACIAM) Toninho Gama se reuniu com o representantes da EPAMIG (Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais), na segunda, 14, na sede da entidade. O objetivo do encontro foi viabilizar uma parceria entre as entidades responsáveis pelo Simpósio de Cafeicultura e o órgão vinculado à Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento que cuida das pesquisas agropecuárias em Minas Gerais.

Com a presença dos representantes da Associação de Cafés Especiais (SCAMG), Sérgio Cotrim D´Alessandro e da EMATER-MG Rômulo Mathozinho e Paulo Roberto, a Secretária Executiva da Aciam Joyce Barbosa e a técnica da microrregional do SEBRAE Ereni Emerick, a reunião foi considerada muito positiva. A EPAMIG tem grande experiência no desenvolvimento e aplicação de pesquisa na área agrícola (tanto de culturas anuais como perenes e pecuária), em todo o estado de Minas Gerais. Na região, um escritório em Viçosa cuida de pesquisas no setor cafeeiro.

Os pesquisadores Trazilbo José de Paula Júnior, Domingos Sávio Queiroz, Sammy Fernandes Soares, Marcelo de Freitas Ribeiro e Mairon Mesquita estiveram em Manhuaçu para mostrar um pouco do trabalho e firmar novas parcerias, buscando ampliar a presença do órgão na região.

Trazilbo explica que a EPAMIG promove grandes eventos no setor agropecuário mineiro e buscou a ACIAM para iniciar uma parceria. “O Simpósio de Cafeicultura tem 15 anos de sucesso e tradição. Ele repercute para além da região e viemos justamente conhecer o modelo do evento, propor parcerias e até trazer novos conhecimentos”, destacou.

No setor cafeeiro, a EPAMIG tem pesquisas sobre manejo da lavoura, uso de água residuária, melhoramento genético, novas variedades, pós-colheita, adubação orgânica, controle de pragas do cafeeiro.

EXPOCAFÉ

O grupo também aproveitou para trocar experiências. A EPAMIG assumiu em 2010, a realização e organização da EXPOCAFÉ, em Três Pontas, no Sul do Estado. Segundo o coordenador, Mairon Mesquita, desde que assumiram a responsabilidade do evento estão agregando valor ao que já vinha sendo feito pela Universidade Federal de Lavras.

"Nosso expositor já vivencia um evento mais focado para seu público-alvo, com tecnologia que segmenta mais o público visitante e permite conhecer todo o perfil. A logística interna também foi mudada. Melhoramos a sinalização do evento e uma área de convivência, que as edições anteriores não apresentavam. Foi criado também um circuito científico com intensa programação de palestras, cursos e debates", disse Mairon.

RECONHECIMENTO

O Presidente da ACIAM, Toninho Gama, argumentou que a visita foi muito positiva para abrir novas parcerias. “Foi um reconhecimento para nós. A presença da EPAMIG confirma o sucesso do evento. Há 15 anos, o Simpósio de Cafeicultura dá ótimos resultados tanto para expositores quanto para o setor, promovendo uma mudança de perfil na nossa região”, afirmou.

Neste primeiro ano, até mesmo pela proximidade do Simpósio de Cafeicultura, a EPAMIG e a EMATER-MG devem viabilizar mini-cursos paralelos às palestras principais. “Será uma forma de difundir conhecimentos, com linguagem acessível e em intervalos pequenos”, destacou.

O Simpósio de Cafeicultura acontece no Parque de Exposições da Ponte da Aldeia, em Manhuaçu, de 16 a 18 de março.

Fonte: Portal Caparaó

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *