Senar e Cooxupé assinam convênio na Femagri 2019

Imprimir
Com o tema “Tecnologia Digital Gerando Valor à Cafeicultura” a Cooxupé (Cooperativa Regional de Cafeicultores em Guaxupé) abre a FEMAGRI (Feira de Máquinas, Implementos e Insumos Agrícolas) no dia 20 de fevereiro. A feira prossegue até o dia 22. O Senar Minas, parceiro da cooperativa para a capacitação dos produtores rurais, assina convênio para as atividades de 2019, no dia 21 de fevereiro em reunião às 14h30.

A FEMAGRI foi criada em 1997 com o intuito de prestar serviços ao cafeicultor no fornecimento de máquinas e implementos agrícolas e hoje é referência nacional em feiras para café, acumulando números como R$ 126 milhões em negócios e público de mais de 35 mil visitantes em três dias do evento. Em 2019 com o tema sobre tecnologia, as empresas levarão para a Feira atualizações e as novas versões de produtos e equipamentos voltados ao cafeicultor.

Convênio

A parceria entre a Cooxupé e o Senar tem como objetivo levar conhecimento ao homem do campo. Desde o primeiro convênio, efetivado em 2011, foram realizados 1.881 cursos e capacitados mais de 22.000 pessoas.

O investimento previsto para 2019 é de R$ 1.300.000,00 para capacitação de mão de obra na área de atuação da Cooxupé. Os recursos serão aplicados nas regionais de Patos de Minas (R$ 200.000,00), Passos (R$ 1.000.000,00) e Lavras (R$100.000,00), superando os valores investidos em 2018. Participarão da assinatura do convênio o Superintendente do Senar, Christiano Nascif; os gerentes de Lavras Wander Magalhães e de Passos, Rodrigo de Castro Diniz; o vice-presidente Breno Mesquita, o analista técnico Caio Sérgio de Oliveira; diretores da Cooxupé e produtores rurais.

O Senar participa a cada evento da FEMAGRI atento ao tema da Feira para estreitar cada vez mais a parceria e aprimorar a capacitação do produtor rural. “Este ano não seria diferente. Com o tema voltado para tecnologia temos muito a contribuir e a nossa participação no evento é importante para todos os envolvidos no convênio entre Cooxupé e Senar Minas”, ressaltou o gerente de Passos Rodrigo Diniz.

“A minha expectativa em relação à FEMAGRI é muito grande pela importância da Feira para a cafeicultura nacional, mineira, e por ser a minha primeira participação no evento”, disse o Superintende Christiano Nascif. Ele também destacou a importância do agronegócio para o Sul de Minas, o trabalho do Senar com os grandes parceiros e os bons resultados do convênio entre as duas entidades, além da importância da cafeicultura para Minas Gerais e para o país. “O Senar Minas é também protagonista dessa história fazendo com que o segmento esteja à frente no Estado e no país”.

Tecnologia

Com a feira tendo como foco a tecnologia, Christiano destacou o trabalho do Senar sobre o Novo Agro 4.0 buscando cada vez mais treinamento e inovação nesse segmento. Ele ressalta as capacitações com drones e as facilidades que o equipamento pode trazer para o manejo na cafeicultura. “Até o final do ano devemos inaugurar em Varginha o Centro de Excelência em Café, um grande polo nacional de inovação tecnológica, que vai facilitar o trabalho dos cafeicultores, principalmente os do Sul de Minas”. Outra questão destacada por Christiano sobre a importância da tecnologia recai sobre o estímulo da mesma para manter o jovem no campo e as questões sobre a sucessão familiar.

Fonte: Assessoria de Comunicação Senar Minas – Regional Passos (Por Denise Bueno)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *