Semana Internacional do Café tem visitação recorde e muito negócios

Imprimir
Se havia alguma dúvida de que Belo Horizonte é a capital nacional do café, o balanço final da sexta edição da Semana Internacional do Café (SIC), realizada na cidade, referendou essa afirmação. O maior encontro da cadeia produtiva do setor no Brasil, e um dos principais do mundo, registrou um recorde histórico de público de 17 mil visitantes entre 25 e 27 de outubro. Foram iniciados R$ 30 milhões em negócios (apurados até o momento), o que representa o incremento de 20% em relação ao ano passado.

“Trinta mil cafés foram degustados, sendo 1,5 mil somente nas salas de cupping e negócios. Recebemos 40 compradores internacionais, vindos de 16 países diferentes, o que foi fundamental para mostrarmos ao mundo o quanto o nosso café é diferenciado”, comemora o diretor de planejamento da Café Editora, Caio Fontes. Para o superintendente do Sebrae-MG, Afonso Rocha, “o Brasil passa por uma mudança de posicionamento, deixando de ser vendedor de commodity para vender a experiência de se beber café”.

A programação incluiu 80 palestras e workshops, 15 sessões de cupping, nos eventos técnicos como o Seminário Internacional DNA Café, o Fórum da Agricultura Sustentável, Encontro Educampo e a Cafeteria Modelo. “Inovação é a palavra da vez quando se fala no panorama atual do café, por isso é tão importante investir em pesquisa, tecnologia e capacitação”, ressalta o diretor da FAEMG, e presidente das Comissões Estadual e Nacional de Cafeicultura, Breno Mesquita. O secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais, Pedro Leitão, completa esse raciocínio ao dizer que a exigência de mercado atualmente vai além da qualidade do grão, englobando o aperfeiçoamento do processo produtivo como um todo.

PRESENÇA INTERNACIONAL

“Estou muito impressionado com o nível profissional desse encontro e com a participação maciça dos cafeicultores e demais representantes desse segmento no Brasil. Foi incrível compartilhar e aprender cada vez mais sobre o grande potencial da indústria brasileira de café, durante a SIC 2017” – Graciano Cruz, diretor geral da HIU COFFEE / HIU COFFEE FARMS

“É uma honra estar no Brasil, entre tantos profissionais, e perceber que o país é mais que um grande produtor. Ele tem marcas fortes e ideias surpreendentes para a cadeia produtiva, que trazem um novo estilo de sabor”- Thomas Schweiger, de Green and Bean

“Realmente o Brasil é um exemplo a ser seguido por todos os países produtores e consumidores. Sinto-me honrado de ter sido parte deste magnifico evento! Parabéns a toda a indústria brasileira de café” – Emilio Lopez Diaz, presidente do Roasters Guild e CEO da Cuatro M.

PREMIAÇÕES

Coffee of the Year 2017
Sandra Lelis da Silva, de Araponga, nas Matas de Minas, levou o título de Coffee of the Year 2017 na categoria arábica. A primeira mulher a vencer o concurso, Sandra tem uma produção familiar na sua região. Já na categoria conilon, os campeões foram os Irmãos Dutra, de Manhuaçu, Matas de Minas. Veja o resultado completo no link http://semanainternacionaldocafe.com.br/br/?page_id=3338

6ª Copa Barista
O barista Hugo Silva, da IL Barista, de São Paulo, levou a melhor na final do campeonato e sagrou-se campeão do torneio, que teve participação de 32 baristas. Em segundo lugar, Ton Rodrigues, da True Coffee, também de São Paulo, e, em terceiro lugar, Ivan Hayden, da Academia do Café, de Belo Horizonte.

Sobre a Semana Internacional do Café

A Semana Internacional do Café (SIC) é uma iniciativa do Sistema FAEMG, Café Editora, Sebrae, Governo de Minas, por meio da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Estado de Minas Gerais (Seapa) e Codemig. A SIC tem como patrocinadores Diamante o Sistema Ocemg, Sescoop e OCB.

Fonte: SEAPA – Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *