Seca atrapalha próxima safra de café em São Paulo

Imprimir

Parte da produtividade da próxima safra de café está comprometida. O clima seco atrapalhou o desenvolvimento de cafezais na região de Franca, no norte de São Paulo. A geada que ocorreu em junho já havia queimado 20% dos pés de café de uma propriedade de 20 hectares.

O tempo seco começa a preocupar os cafeicultores de Alta Mogiana, maior região produtora paulista de café, segundo informações da Agência Safras.

Há dois meses, não chove pela região. Por causa da seca, a primeira florada dos cafezais, que normalmente ocorre no mês de agosto, está atrasada.

Parte da produtividade da próxima safra ficou comprometida. "Na medida em que demora para chover, a perda vai sendo cada vez maior. Hoje, podemos considerar que, de forma geral, a perda não seja tão grande. Porém, calcula-se que uns 10% já tenham ficado comprometidos", avalia Ely Brentini, presidente do Sindicato Rural.

Fonte: Revista Globo Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *