Saúde é o foco da ABIC no Dia Nacional do Café

Imprimir
Na sexta-feira, 24 de maio, é celebrado o Dia Nacional do Café. É a época da colheita na maior parte das regiões produtoras do País. Por esse motivo, a Associação Brasileira da Indústria de Café – ABIC sugeriu este dia ao criar a data comemorativa em 2005. Já são 14 anos em que faz parte do Calendário Brasileiro de Eventos e o tema será a relação da bebida e seus benefícios com a saúde humana, em uma corrida de rua inédita, a Coffee Run.

Reforçando a importância da atenção para com a saúde, a ABIC escolheu por uma degustação de cafés certificados de um modo diferente: em meio ao Jardim Botânico, em São Paulo, antes e após a corrida, uma experiência intensa e prazerosa, assim como o café! “A ideia da Coffee Run como comemoração do Dia Nacional do Café traz muito do que a ABIC reforça e busca informar aos coffeelovers sobre a importância de beber cafés certificados e de qualidade, que possam fornecer substâncias antioxidantes e benéficas à saúde como todo”, explica Ricardo Silveira, presidente da ABIC.

A Coffee Run acontecerá no domingo seguinte ao Dia Nacional do Café, em 26 de maio, às 7h. Serão três percursos, Cappuccino Walk, de três quilômetros, a Expresso Run, de 5 quilômetros e a Black Run, de dez quilômetros. Esse foi um meio de atingir públicos distintos, de iniciantes a experientes. Em comum, todos têm a paixão pelo café e o gosto pelo esporte.

Pesquisas recentes apontam a cafeína como um importante agente modulador do desempenho em vários tipos de atividade física, e para que o café possa promover o seu efeito no organismo, deve ser consumido moderadamente, na dosagem mínima de quatro xícaras por dia. Isso porque além de potencializar a performance durante os exercícios, o café atua como estimulante do sistema nervoso, já que a cafeína aumenta a tensão dos músculos e ajuda na mobilização de substratos de energia para o trabalho muscular.

E para os atletas, sejam profissionais ou não, o café ajuda a ter mais pique para correr, pular, saltar, nadar, entre outros, pois estimula a ação muscular durante a atividade física. O consumo do cafezinho proporciona um aumento da força muscular, já que retarda a fadiga do músculo, possibilitando um número maior de carga e repetições de execução do exercício após a ingestão de cafeína.

Reforçar esses benefícios junto à uma corrida de rua, que tem ganhado cada vez mais adeptos pelo Brasil, foi uma solução criativa da entidade, que oferecerá aos participantes da primeira Coffee Run uma degustação de cafés certificados em um estande no evento.

Ricardo Silveira, presidente da ABIC (Foto: Divulgação)
Ricardo Silveira, presidente da ABIC (Foto: Divulgação)

“O consumo de café cresceu 4,8% no último ano, o maior ritmo desde 2006. Foram 21 milhões de sacas de novembro de 2017 a outubro de 2018. O consumo per capita do Brasil, segundo maior do mundo, foi de 6,02 kg em 2018, em comparação ao 5,81 kg no ano anterior. São números que confirmam ser o Brasil o segundo maior mercado consumidor mundial, atrás dos Estados Unidos, além de ser o maior país produtor e exportador de café. Não temos como ignorar esses dados e atrelar o populismo da bebida ao esporte, é importante para todos, para o consumidor, para a ABIC e, consequentemente para o produtor”, explica Ricardo Silveira.

A Coffee Run será a oportunidade de informar aos coffeelovers e aos runlovers a importância da escolha segura no momento da compra de um café e de priorizar o consumo de cafés certificados, que possuem alta qualidade em sabor, aroma e, claro, são benéficos para a saúde.

A ABIC estará com um estande montado durante o evento onde todos os participantes da Coffee Run poderão degustar um café especial. Os kits da corrida possuem canecas que serão utilizadas para a degustação e para a realização do brinde comemorativo ao Dia Nacional do Café. Assim, evita-se o uso de copos descartáveis, uma questão sustentável também apoiada pela entidade.

A corrida foi idealizada em parceria com a RP8 Sports Adventure e conta com apoio da Decathlon Lar Center.

Café e Saúde

  • Melhora o estado de alerta, a atividade intelectual, a clareza do raciocínio e aumenta a velocidade das associações de ideias;
  • Oferece proteção contra várias doenças degenerativas, devido ao grande potencial antioxidante;
  • Melhora a memória quando existe deterioração cognitiva;
  • Diminui a fadiga e melhora o rendimento de atletas;
  • Acelera a perda de gordura pois aumenta o metabolismo basal e obrigar o corpo a gastar mais energia;
  • Diminui a absorção de glicose no intestino, podendo ajudar a controlar o peso.

Dicas para o Coffeelover

  • Dê preferência a cafés certificados. Experimente várias marcas até descobrir aquela que melhor atende ao seu paladar.
  • Busque conhecer novos métodos de preparo do café, pois dependendo do equipamento o sabor e aroma mudam bastante.
  • Experimente preparações e receitas com café. Você vai de surpreender como esta bebida pode ser versátil tanto na culinária quando na elaboração de drinks.
  • Lembre-se: o café é uma bebida estimulante e o segredo é não exagerar.

Dicas para o Runlover

  • Durma bem e bastante: o sono é um dos principais meios para ter uma boa performance. Especialistas em fisiologia afirmam que o corpo precisa de cerca de 8 horas de sono para render bem antes de correr.
  • Não consuma comidas pesadas e de difícil digestão até 2 horas antes de correr. Não exagere na hidratação para não pesar o corpo — muita água pode dar vontade de ir ao banheiro na hora da corrida ou causar desconforto no estômago.
  • Durante a corrida, não espere ter sede para se hidratar. Aproveite cada posto de hidratação da prova.
  • Não se esqueça de passar protetor solar e de utilizar roupas e tênis confortáveis, aos quais já está acostumado. Nada de estrear tênis novo em dia de prova.

Fonte: Ascom ABIC

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *