Saiba quais são as opções de colheita de café

Imprimir

A colheita é uma das operações mais importantes no processo de produção de café, pois além de interferir diretamente na qualidade final do produto, também influencia o custo da produção. Sendo assim, no momento da colheita, o produtor deve ter o objetivo de colher o máximo possível de frutos cerejas, e para isso é preciso que eles sejam identificados com antecedência.

O produtor de café deve saber que a colheita não se trata apenas da retirada dos frutos, mas engloba também a preparação da lavoura para ser colhida, a derriça dos frutos, o recolhimento e abanação dos frutos derriçados, além da limpeza ou abanação do produto antes de ser transportado.

Entendidas as etapas que compõem a colheita, passemos agora aos tipos mais comuns da mesma, que são a forma manual, semi-mecanizada e mecanizada. Para que o produtor possa escolher o tipo de colheita mais adequado ao seu cultivo, é preciso que ele leve em conta fatores como a topografia do terreno e o tamanho da área cultivada.

A colheita manual recebe esse nome quando todas as etapas do processo são realizadas manualmente, por trabalhadores e sem o auxilio de máquinas. Esse tipo de colheita é mais adequado para as lavouras pequenas, que ocupem áreas planas ou inclinadas.

Já a colheita semi-mecanizada é aquela na qual parte dela é feita manualmente e parte é feita mecanicamente e, como na colheita manual, também deve ser realizada em lavouras pequenas e que ocupem áreas planas ou inclinadas.

A colheita mecanizada ocorre quando todas as etapas do processo são feitas por meio de máquinas agrícolas. Ela é indicada para locais planos e com grandes áreas ocupadas. Para este tipo de colheita, existem no mercado diversos tipos de máquinas.

O produtor deve ter consciência de que as etapas e os tipos de colheita são extremamente importantes para o sucesso da produção de café, especialmente para garantir a qualidade do fruto. Sendo assim, cada uma dessas etapas deve ser planejada cuidadosamente.

Para auxiliar o produtor nessas escolhas, o CPT – Centro de Produções Técnicas elaborou o curso Passo a Passo para se Obter Café de Qualidade. Neste curso, os professores coordenadores Mauri Martins Teixeira e Daniel Marçal de Queiroz orientam os produtores a respeito dos aspectos gerais da cultura do café, como a classificação, o transporte, a recepção, o pré-processamento e a armazenagem.

Fonte: Portal Agropecuário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *