Safra nova de café do Vietnã é vendida com desconto ante Londres

Imprimir

Grãos de café recém-colhidos no Vietnã foram vendidos com desconto em relação aos futuros em Londres nesta semana, enquanto exportadores na Indonésia, país rival, elevaram o valor do produto doméstico devido à queda dos preços globais, disseram operadores nesta quinta-feira.

A nova colheita está em progresso no Vietnã, onde a safra 2011/12 terminou com produção recorde de cerca de 1,6 milhão de toneladas. A atual colheita deve atingir pico em meados de novembro.

“Novos grãos têm sido negociados, mas a quantidade é pequena. É uma safra muito boa, apesar de não termos finalizado seu tamanho ainda”, disse um operador em Cingapura, que viajou ao Vietnã recentemente para fazer uma análise dos grãos.

“Eu acho que os consumidores ainda querem comprar café robusta da Indonésia, mas não há muitos grãos, e os diferenciais não estão nem um pouco atrativos. O que os exportadores locais estão fazendo agora é basicamente cumprir contratos antigos.”

Os grãos vietnamitas tipo 2, 5 por cento preto e queimado, foram ofertados com desconto de até 25 dólares ante o contrato janeiro LRCc2 em Londres, menor que os 40 dólares na semana passada, depois de os futuros caírem do pico atingido.

Os diferenciais e futuros normalmente se movem em direções opostas, e muitos exportadores na Indonésia estão agora ofertando os grãos com prêmios para compensar as perdas em Londres.

A Organização Internacional do Café (OIC) revisou para cima sua previsão para a produção global de café 2011/12 para 134,3 milhões de sacas de 60 kg, em parte devido ao aumento da produção no Vietnã.

Fonte: Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *