Safra de café será menor na região de Marília (SP)

Imprimir

A máquina segue firme, mas a quantidade de grãos para colher será menor na safra. Uma das explicações é a bienalidade, uma das características do café. Isso significa que se a produtividade é alta em determinado ano, no outro, ela cai. E exatamente agora é o momento de baixa. Além disso, o clima atrapalhou.

O agrônomo Tiago Sartori cita dois momentos difíceis. De março a junho, durante o florescimento, só choveu 10% do previsto e na granação, de novembro a fevereiro, houve outra quebra expressiva.

José Estevão planta café em 150 hectares. Ele esperava colher 5 mil sacas de 60 quilos, mas não vai dar. A previsão diminuiu para 4 mil sacas. O interessante é que, devido ao manejo diferenciado, ele se acostumou a produzir mais justamente nos períodos de bienalidade negativa.

O produtor reclama que a granação está “péssima” e que há muito café no chão, chegando até a 40%. Ele explica que tenta colher mais nos períodos de baixa produção para aproveitar os preços melhores, só que não funcionou dessa vez.

No cafezal de Paulo Renato, os maus resultados se repetem. Ele colheu 10 mil sacas no ano passado. Agora, talvez, nem chegue na metade desse volume.

Fonte: TV TEM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *