Safra de café “Fine Cup” cai a 59% após chuvas, diz Cooxupé

Imprimir

A Cooxupé, maior cooperativa de café do mundo, classificou 59,06 por cento do café da safra 2012/13, recebido até 31 de agosto, como bebida dura para melhor, produto considerado superior aos demais, também chamado "Fine Cup", segundo comunicado divulgado nesta quinta-feira.

Quando comparada a safra atual com a de 2010/11, também um ano de alta no ciclo bianual do café, o volume de café considerado superior era de 63,5 por cento.

A qualidade na temporada 12/13 foi afetada pelas chuvas.

Já a produção do café Cereja Descascado (café semilavado brasileiro) foi baixa, "pois a maturação do grão foi rápida".

Segundo a Cooxupé, a produção de CD representa cerca de 15 por cento da produção, contra 30 por cento dos anos anteriores.

No início do inverno, chuvas atípicas provocaram um atraso na colheita e também prejudicaram a qualidade do café comercializado e exportado pela Cooxupé.

Um tempo mais seco nas últimas semanas ajudou na retomada dos trabalhos de colheita, disse a cooperativa.

Em nota, a Cooxupé afirmou que seus cooperados estão na fase final da colheita de café e que, até a segunda-feira, 89,52 por cento da produção já havia sido colhida.

No mesmo período analisado no ano anterior, 93,69 por cento da safra já tinha sido colhida.

Fonte: Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *