Safra brasileira influencia açúcar, café e suco em NY

Imprimir

No açúcar, os dados apontando ampla produção fizeram o vencimento julho ceder 1,33%, para 17,02 centavos de dólar por libra-peso, menor nível desde 14 de julho de 2010. Segundo a União da Indústria da Cana-de-açúcar (Unica), o Centro-Sul do Brasil processou 41 milhões de toneladas de cana até 30 de abril, 190% mais do que em igual período da safra 2012/13.

Também o café foi pressionado pela projeção da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), que estimou a safra 2013 de café do Brasil em 48,59 milhões de sacas, a maior já registrada no ciclo de bienalidade baixa da Lavoura. O vencimento julho recuou 1,20%, para 144 cents por libra-peso.

Já o suco de laranja foi impulsionado pelos dados negativos da indústria. O contrato de suco para julho avançou 0,34%, para 148,65 centavos de dólar por libra-peso, maior fechamento desde 15 de abril. Ontem, a Associação Nacional dos Exportadores de Sucos Cítricos (CitrusBR) divulgou sua segunda estimativa para a safra de laranja do País e previu produção de 268,350 milhões de caixas em 2013/2014, 30% abaixo do ciclo anterior. Na Bolsa de Chicago, soja e milho fecharam mistos com um movimento de em bolso de lucros após os ganhos registrados na sessão anterior.

Fonte: O Estado de S.Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *