Região colombiana faz evento para discutir cafeicultura sustentável

Imprimir

Com o Brasil como país convidado e com alguns dos mais destacados pesquisadores mundiais na produção de cafés especiais e em práticas de produção agrícola dirigidas à proteção do ambiente, a região de Neiva, na Colômbia, abre na próxima sexta-feira, 01 de agosto, o Primeiro Encontro Internacional da Cafeicultura Sustentável e Agroecologia. Será um fórum com especialistas desde o cultivo do café até torrefadores, vindos de locais como Estados Unidos, Japão, Coréia do sul, Brasil, Colômbia, entre outros.

O evento se desenvolverá no Centro de convenções José Eustasio Rivera, em uma convocação regional que incorpora empresa como Mild Coffee Company, de Huila, além de ter a participação de instituições como o Sena, que coordena a Escola Nacional da Qualidade do Café, Universidade Surcolombiana, governo de Huila, Ministério de Agricultura e Desenvolvimento Rural, Instituto Colombiano Agropecuário, organização européia Ifoam, que impulsiona o desenvolvimento e pesquisa sobre agricultura e alimentação orgânica, entre outros.

O café é o produto mais importante do Estado colombiano de Huila. Ele não é apenas o primeiro produtor do país, mas também já se consolida no cenário mundial como o primeiro produtor de cafés especiais, condições que ratificam sua liderança na região em volume e qualidade.
No entanto, não é nova a preocupação sobre o impacto da cafeicultura, ao abrir espaços nas zonas de montanha para expandir as áreas plantadas.

Diante disso, o evento busca "integrar toda a cadeia cafeeira produtiva de Huila e sul de Tolima para conhecer a experiência e prática, assim como as tendências em temas relacionados com os cafés especiais, agricultura sustentável, pesquisa e legislação ambiental, oferecendo espaços acadêmicos e culturais que contribuirão para o fortalecimento da cafeicultura regional de maneira sustentável e a conservação do patrimônio natural do sul da Colômbia", indica a organização do evento em nota.

Fonte: Agnocafé via Rede Social do Café

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *