Rede Social do Café realiza primeiro Batismo Digital de 2014

Imprimir

No último dia 21, a Rede Social do Café esteve presente na reunião do NECAF, o Núcleo de Estudos em Cafeicultura da Universidade Federal de Lavras realizando o “Batismo Digital” de novos integrantes a fim de ampliar o número de usuários por meio de cadastramento online.

O NECAF é um grupo de graduandos e pós – graduandos da UFLA que proporciona a seus membros, maior conhecimento teórico e prático da cafeicultura, por meio de atividades realizadas em grupo, como reuniões semanais, cursos e treinamentos, consultorias, eventos e dias de campo, abordando diferentes áreas do conhecimento em café, do grão à xicara.

Além do cadastramento online, foi apresentada aos membros do NECAF a palestra “Café e Redes Sociais”, proferida por Sérgio Parreiras Pereira, Pesquisador do Instituto Agronômico – IAC, idealizador e mediador da Rede Social do Café, ocasião em que foram apresentados resultados obtidos na construção coletiva do conhecimento em café, utilizando a internet como ferramenta de comunicação e difusão de tecnologia.

De acordo com Sérgio Pereira “A Rede Social do Café vem a cada dia ampliando o número de postagens, o volume de participação e, sobretudo o numero de integrantes, que ocorre em parte por meio dos Batismos Digitais. Essa ação de inserção de novos usuários possibilita que mais pessoas tenham conhecimento da Rede e passem a receber diariamente nossas informações. Uma vez conectados à Rede, são provocados a participar ativamente com postagens ou comentando os debates”. O pesquisador destaca que em 2014 a Rede pretende ampliar ações de Batismo Digital em diversos estados e regiões produtoras de café, por meio em entidades e parceiras regionais.

Felipe Lacerda Hayashi, atual Coordenador Geral do NECAF e estudante do 6º período do curso de Agronomia da UFLA é membro do núcleo de estudosdesde 2011 e afirma que as parcerias são essenciais para o sucesso do núcleo de estudos. “EPAMIG, EMATER, INCT, Consórcio de Pesquisa Café, Polo de Excelência do Café, Café Point e a Rede Social do Café atuam de maneira ativa no auxílio de divulgação e na realização dos eventos realizados pelo NECAF. Em especial, a Rede Social do Café, contribui com matérias, reportagens técnicas, entrevistas e na cobertura dos eventos” afirmou Felipe.

Noêmia Karen de Oliveira, Mestre em Agronomia e membro do NECAF desde 2008 acredita que “Aexperiência em grupo é muito importante. Cada geração de alunos tem sua parcela de contribuição. Os membros mais antigos ajudam os mais novos, principalmente na extensão, que é o contato direto com o produtor. A Rede Social do Café também é uma importante experiência em grupo”.

João Luiz Ferreira Washington, aluno do 4º período de Agronomia, integrante do NECAF desde 2013, ingressou no NECAF por influência dos colegas de república. “O grupo proporciona a experiência prática em campo e a Rede Social do Café, por sua vez, fornece notícias atualizadas e cardápio de palestras, o que nos ajuda muito a acompanhar as mudanças da tecnologia em campo” afirmou.

Hoje a Rede Social do Café possui mais de 4500 membros e cerca de 9 milhões de acessos, difundindo conhecimento e tecnologia com a interação de diversos colaboradores como pesquisadores, professores, extensionistas entre outros.Também faz parte da Rede Social do Café, oCaféWebTV, programa que apresenta conteúdo audiovisual de entrevistas e reportagens técnicas ligadas ao setorcafeeiro.

A Rede Social do Café possui apoio de várias entidades de pesquisa, extensão e fomento. Destacam-se o Consórcio Pesquisa Café e suas instituições signatárias,a FAPEMIG por meio do Polo de Excelência do Café e o CNPq por intermédio do INCT- Café – Instituto de Ciência e Tecnologia do Café.

Fonte: Rede Social do Café (Daniela Novaes)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *