Rede Social do Café comemora seis anos e se consolida no cenário digital

Imprimir

A comunidade Manejo da Lavoura Cafeeira fundada em 28 de Junho de 2006, agora batizada como Rede Social do Café, é hospedada pela plataforma Peabirus. É atualizada diariamente com notícias e vídeos referentes ao clima, cotação, comercialização e agroindústria, manejo de pragas e doenças, colheita, pós-colheita, mecanização entre outros assuntos de referência ao atual cenário da cafeicultura permitindo atualização do conhecimento e difusão de tecnologia em cafeicultura na Internet. A rede conta com a contribuição e colaboração de profissionais ligados a área como pesquisadores, professores, produtores, empreendedores rurais entre outros.A Rede Social do Café por meio de projetos, conta com apoio do Consórcio Pesquisa Café, da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado de Minas Gerais – Fapemig e do Polo de Excelência do Café.

Atualmente, a rede possui mais de 4 mil membros, sendo totalmente interativa e democrática. Os participantes têm total liberdade de interagir com os demais membros, comentando, tirando dúvidas e permitindo a exposição de pontos de vista diversos sobre a produção de café, fazendo assim a troca de informações, conhecimento e transferência de tecnologia. À medida que surgem novas postagens, os membros cadastrados recebem alertas de e-mail com os links dos tópicos direcionando diretamente a rede social, proporcionando maior dinamismo de informações auxiliando quem não tem muito tempo para ficar conectado a rede.

Também faz parte da Rede Social do Café, a CaféWebTV. O programa que apresenta conteúdo audiovisual de entrevistas e variedades ligado ao ramo cafeeiro está em fase experimental, porém já possui conteúdos produzidos e postados na comunidade.

Sob a mediação de Sérgio Parreiras Pereira, pesquisador do Instituto Agronômico -IAC, a Rede Social do Café se firma no cenário tecnológico das redes sociais com um grande diferencial de ser a única rede que reúne num só lugar todas as informações necessárias para quem atua no setor de cafeicultura.

Fonte: Ascom Rede Social do Café (Daniela Novaes)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *