Rede Social do Café chega à 5 milhões de acessos e sorteia coleção de livros

Imprimir

Dia 28 de Julho, sábado, por volta das 16 horas a Rede Social do Café atingiu a marca de 5 milhões de acessos e conforme anunciado, foi sorteada uma coleção de 25 publicações no dia 30 de Julho às 15 horas. O ganhador é Wanderley Mendes Bustamante, extensionista da Emater – MG da cidade de Passa Quatro, Minas Gerais. O mediador da comunidade e coordenador do projeto Sérgio Parreiras Pereira, conversou ao vivo com o vencedor e afirmou ao contemplado que éuma satisfação saber que a coleção será aproveitada por um técnico da Emater e que esse conhecimento poderá ser repassado para muitas outras pessoas, agradeceu aos participantes e cumprimentou o ganhador. “Quem venham os próximos 5.000.000 de acessos!”, completou Sérgio.

Há seis anos a Rede Social do Café é um dos principais canais de informação do setor cafeeiro na Internet.  A Rede Social do Café conta com apoio do Consórcio Pesquisa Café, da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig) e do Polo de Excelência do Café. Hospedada na plataforma Peabirus, a rede se consolidou como espaço de informação com credibilidade e amor à cafeicultura.

A Rede Social do Café é atualizada diariamente com notícias e vídeos referentes ao clima, cotação, comercialização e agroindústria, manejo de pragas e doenças, colheita, pós-colheita e mecanização. Tratando de temas relevantes para a cafeicultura, a Rede permite a atualização do conhecimento e a difusão de tecnologia na Internet. A comunidade conta com a contribuição e a colaboração de pesquisadores, professores, produtores, empreendedores rurais, entre outros. Também faz parte da Rede Social do Café, o programa “CaféWebTV”, que apresenta conteúdo audiovisual de entrevistas e variedades ligado ao ramo cafeeiro.

Com um trabalho reconhecido nacionalmente, a Rede Social do Café se firma no cenário tecnológico das redes sociais com o diferencial de ser a única rede que reúne num só lugar todas as informações necessárias para quem atua no agronegócio café.

São mais de quatro mil integrantes, entre eles inúmeros pesquisadores, professores universitários e extensionistas ligados a instituições ligadas ao Consórcio Pesquisa Café interagindo virtualmente na comunidade. Desse modo, a Rede torna-se um canal de diálogo entre técnicos e pesquisadorescom a sociedade, com os usuários das tecnologias geradas pelos projetos de pesquisa e com os milhares de consumidores e apreciadores da bebida no país.

Faça parte e colabore com a construção coletiva do conhecimento.

www.redesocialdocafe.com.br

www.facebook.com/redesocialdocafe

Twitter: @redesocialcafe

Fonte: Assessoria de Comunicação Rede Social do Café (Daniela Novaes Theodoro)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *