Receita de embarques brasileiros de café diminui 34% em novembro

Imprimir

As exportações brasileiras de café em novembro, nos 20 dias úteis do mês, alcançou 2,504 milhões de sacas de 60 kg, segundo dados divulgados nesta segunda-feira (3/12) pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). O número representa redução de 10% em relação a igual mês do ano passado, quando 2,783 milhões de sacas foram enviadas para o exterior. Em termos dereceita cambial houve queda de 34,2% no período, para US$ 528,5 milhões em comparação com US$ 803,6 milhões em novembro de 2011.

Quando comparada com o mês anterior, a exportação de café em novembro apresentou queda de 6,2% em termos de volume, pois em outubro passado o país embarcou 2,669 milhões de sacas. Já a receita cambial foi 7,4% menor, considerando faturamento de US$ 570,8 milhões em outubro.

Segundo o consultor Eduardo Cavalhaes, do Escritório Cavalhaes, a estimativa das exportações para o mês inteiro deve chegar perto dos 3 milhões de sacas. “O número vai continuar um pouco menor do que o registrado no ano passado, mas as exportações brasileiras estão acontecendo. Em um número menor, mas estão. O consumo de cafécontinua bem no mundo todo”, diz. De acordo com ele, três fatores podem explicar a queda dos embarques na comparação com 2011: a falta de estoques remanescentes no Brasil; a alta nos juros europeus, que impede que os grandes traders de café façam estoques do grão; e o atraso na safra.

Apesar da queda em novembro, a estimativa do consultor é de que o café feche o ano safra, que termina em julho de 2013, no azul. “Se não houver piora na economia internacional, devemos exportar 29 milhões de sacas até lá”.

Fonte: Agência Estado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *