Rabobank prevê superávit de café na próxima temporada

Imprimir

A oferta mundial de café deve ultrapassar a demanda na temporada que começa em outubro em muitos países, revertendo a atual escassez, de acordo com o Rabobank International. A produção do grão deverá ser de 5,3 milhões de sacas a mais que o consumo na safra 2012/13, ante um déficit de 2,7 milhões de sacas no período 2011/12, segundo o banco. A produção deverá aumentar 7,7%, para 146,2 milhões de sacas, com a maior colheita brasileira em um ciclo de alta. Já o consumo global deverá crescer cerca de 2% para 141 milhões de sacas.

"O mercado de café flutua entre excesso e déficit, dependendo do ciclo de produção do Brasil, o maior produtor mundial", disse Keith Flury, analista do Rabobank. Mas ele acrescenta que as colheitas da nova temporada não serão suficientes para formar estoques altos suficientes para a safra 2013/14. Além disso, Flury afirma que o crescimento da demanda vai evitar que os preços internacionais recuem muito.

O Brasil deverá produzir 38,5 milhões de sacas de café arábica e 17 milhões de café robusta em 2012/13, segundo projeções do Rabobank. A previsão da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), divulgada este mês, prevê 38,1 milhões de sacas de arábica e 12,3 milhões de sacas de robusta.

A Colômbia, segunda maior produtora mundial de café arábica, deverá colher 9 milhões de sacas, contra 7,2 milhões em 2011/12. No Vietnã, maior produtor de grãos robusta, a estimativa é de 23,5 milhões de sacas na temporada 2012/13 contra 22,5 milhões na safra atual.

Fonte: Valor Econômico | Equipe CaféPoint

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *