Publicação da Embrapa ensina a produzir café de qualidade com economia de água e redução de custos

Imprimir

O cuidado dispensado durante toda a fase de pós-colheita do café é um dos grandes diferenciais para a obtenção de um produto de qualidade. E, nesse processo, a forma de lavagem dos grãos e de uso e reúso da água vai influenciar também na sustentabilidade da produção e do meio ambiente. Sobre o tema, a Embrapa Café lança a Circular Técnica 4 “Lavadores e Sistema de Reúso da Água no Preparo do Café”.

Os autores da publicação pertencem às seguintes instituições: Universidade Federal de Viçosa – UFV – Juarez Souza e Silva; Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Espírito Santo – IFES – Aldemar Polonini Moreli; Embrapa Café – Sammy Fernandes Soares e Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais – Epamig – Sérgio Maurício Lopes Donzeles.

A publicação mostra diferentes tecnologias para a lavagem (máquinas cada vez mais eficientes no uso da água para compor as novas unidades de processamento) e separação dos diversos tipos de fruto cafés (cereja, bóias, verdoengos e verdes), bem como o reúso da água pelo Sistema de Limpeza de Água Residuária – SLAR na produção de café cereja descascado.

Para ler a matéria na íntegra, acesse os sites da Embrapa Café e do Consórcio Pesquisa Café.

Maxpress – São Paulo/SP – ECONOMIA & FINANÇAS – 27/01/2014 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *