Propriedades implantam novo método de pesar café

Imprimir

A colheita do café é um trabalho em que a agilidade conta muito. Com isso, o sistema tradicional de medida nas lavouras está com os dias contados. Para facilitar o processo, fazendas produtoras do sul de Minas Gerais começam a substituir o método de medida do latão pelas balanças eletrônicas.

Em uma propriedade no município de Cabo Verde, há um mês existem balanças para pesar o café. Nesse sistema, a medida do latão ou balaio, que equivale a 60 litros, não é levada mais em conta. O resultado da colheita é calculado por quilo. A balança parecida com as encontradas em frigoríficos, com a diferença de que é sustentada por um tripé.

Os responsáveis pelo cálculo do café colhido aprovaram o sistema da balança. O apontador Marciano Silva acredita que o trabalho ficou mais fácil. “O pessoal chega e joga tudo dentro da sacola da balança, sem precisar do latão”, diz.

No inicio, alguns apanhadores resistiram à mudança, mas agora se acostumaram ao equipamento no meio do cafezal e também consideram o método mais prático e rápido.

O novo sistema não alterou o valor recebido pela colheita, mas deixou o cálculo mais confiável e o trabalho, mais rápido. Para o produtor Renato Lima de Souza, a novidade beneficia quem está envolvido com a colheita do café. “É mais prático, justo e correto. Tanto para o empregador, quanto para o empregado”, afirma.

Fonte: EPTV.com | Caminhos da Roça

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *