Produtores são premiados em concurso de qualidade de café no interior paulista

Imprimir

Dois produtores de café de Serra Negra foram premiados no 6º Concurso de Qualidade do Café de Amparo e Região do Circuito das Águas Paulista. A Agropecuária Rumo Ltda foi terceira colocada na categoria cereja descascado e Marcilio Marchi conquistou a 1ª colocação na categoria café natural.

Os Concursos de Qualidade de Cafés são avaliações comparativas de amostras representativas de lotes de 2 (micro lotes) e 8 sacas/60Kg do fruto escolhido, lavado, separado, processado ou não, secado em terreiro ou não e armazenado de uma maneira que expresse o máximo de sua qualidade em aroma e sabores.

São muitas as variáveis que interferem na produção do café e a principal para se produzir qualidade é a vocação do produtor para identificar e administrar interferências evitáveis. Toda interferência como clima, manejo produtivo, localização geo-gráfica, maturidade de colheita, etc, fica impressa no grão, na sua bebida e quando o produtor envia sua amostra, lá está toda a sua sensibilidade, seu trabalho, com o objetivo de não só conquistar o prêmio de melhor café, mas o melhor preço e a visibilidade de sua propriedade uma marca de café de qualidade.

Então, um Concurso de Qualidade de café não é só a premiação do melhor lote de café, mas uma fotografia da qualidade de uma região, uma imagem que representa oportunidade de negócios e valoriza toda a região. É um estimulo e um desafio que faz o cafeicultor conhecer seu café, sua bebida e estudar os detalhes que expressam a excelência na qualidade.

O Concurso do Circuito das Águas Paulista abrange os municípios do Circuito das Águas e adjacentes. Destes, quatro se destacam em área de produção e importância econômica: Amparo, Serra Negra, Monte Alegre do Sul e Socorro.

O concurso consiste na avaliação da bebida do café, que tem que exprimir todas as características desejadas como doçura, acidez, corpo e nuances de sabores num grau equilibrado, qualidades únicas cobiçadas e valorizadas pelo mercado de cafés gourmets.

As amostras de café concorrem a 3 categorias; cereja natural, cereja descascado e micro-lote “categoria para pequenos proprietários”, onde tivemos a participação de 24 produtores de café com 32 amostras.
Os cafés foram julgados por especialistas em café nos dias 26 e 27 de Setembro, na Cozinha Pedagógica do Mercado Municipal. A divulgação dos vencedores e a entrega dos prêmios foi no dia 04 de Outubro no Espaço da Estação Mogiana de Amparo, na Praça Pádua Salles. A premiação principal é o envio das amostras vencedoras ao 12º Concurso Estadual de Café onde concorrem com todos os cafés finalistas de todo o estado de São Paulo, sendo os lotes vencedores disputados em leilão por grandes cafeterias.

O Concurso foi realizado pelo Sindicato Rural de Amparo, através de convenio com o SENAR- Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, FAESP- Federação da Agricultura do Estado de São Paulo, pela Prefeitura Municipal de Amparo, APTA- Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios e CATI – Secretaria de Agricultura e Abastecimento Coordenadoria Técnica Regional de Bragança Paulista, Casa da Agricultura de Amparo e Monte Alegre do Sul, com apoio do Sindicato Rural de Serra Negra, SEBRAE-SP, Carmomaq Tecnologia e Inovação a Indústria de Café, Stihl e Catelli Produtos Agropecuários e Pet-Shop.

Fonte: O Serrano

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *