Produtores rurais comemoram rendimento das lavouras em 2011

Imprimir

Os produtores de milho e café do Sul de Minas Gerais estão muito satisfeitos com os preços em 2011, que ficaram bem acima dos praticados no ano passado. Com a valorização, muitos agricultores tiveram renda para investir na lavoura e garantir um bom resultado também em 2012.

O produtor Antenor Rabello planta milho há mais de 30 anos. Atualmente, ele tem 1,2 mil hectares em São Bento Abade, Carmo da Cachoeira e Luminárias. Na última safra, colheu 196 mil sacas, quantidade menor que a do ano passado, mas que foi compensada pelo alto preço na hora da venda.

O sul é a segunda região de Minas que mais produz milho. Em 2011foi responsável por 20% das 6,5 milhões de toneladas produzidas no estado.

Baixe o Adobe Flash Player

Quem também comemora o bom momento é o produtor Paulo Sérgio Pereira Ribeiro. Em 2010, ele vendeu quase 290 mil sacas de milho, contra 220 mil este ano. Apesar disso, o faturamento aumentou em quase R$ 1 milhão.

Café
Os cafeicultores também não têm do que reclamar. O ano de 2011 foi de mercado estável e valorizado. Segundo Archimedes Coli Neto, presidente do Centro de Comércio de Café de Minas Gerais (CCCMG), a saca de 60 quilos do grão teve um preço médio de R$ 486 este ano.

O mais recente levantamento da COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO (CONAB), divulgado nesta quarta-feira (21), estima que Minas Gerais produziu 22,18 milhões de sacas em 2011 O sul do Estado respondeu por quase metade desse volume.

De acordo com a Federação da Agricultura e Pecuária de Minas Gerais (FAEMG), a área plantada com milho deve crescer na próxima safra. A previsão para o café é que haja uma pequena queda nos preços, mas que ainda devem se manter satisfatórios.

Fonte: EPTV.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *