Produtores do PR aprendem a degustar cafés especiais conforme metodologia SCAA

Imprimir

Os produtores do Norte Pioneiro do Paraná participam, nesta semana, do segundo módulo do “Aperfeiçoamento de controle de qualidade do café”, que está sendo realizado no Centro de Pesquisas em Qualidade do Café do Instituto Agronômico do Paraná (Iapar), em Londrina. A iniciativa é da Associação dos Cafés Especiais do Norte Pioneiro do Paraná (ACENPP), em parceria com o Sebrae/PR, Instituto Federal Sul de Minas Gerais (Ifsulminas) e Iapar.

No curso, 16 produtores aprendem a classificar os grãos, de acordo com o método da Specialty Coffee Association of America, conhecido como “tabela SCAA”, em que apenas os cafés que atingem uma pontuação superior a 80 pontos são elevados à categoria de especial.

De acordo com Odemir Capello, consultor do Sebrae/PR, a correta identificação dos atributos do grão – como acidez, aroma/fragrância, corpo, uniformidade, limpeza da xícara, finalização e sabor – é um dos pré-requisitos para a produção de cafés especiais. Conhecer essas peculiaridades é uma forma de avaliar seu próprio produto e verificar se ele não apresenta nenhum defeito primário, como grãos pretos, verdes ou ardidos. “Aprender a classificar os grãos ajuda a corrigir os erros na produção para alcançar uma pontuação maior, o que garante melhor preço.”

Os cafés que estão sendo provados foram produzidos pelos próprios produtores inscritos no treinamento. Segundo o cafeicultor Fábio Mendes da Rocha, essa ação é muito importante para melhorar a qualidade da produção. “Estamos progredindo e aprendendo a distinguir as características dos nossos grãos, o que vai nos ajudar a colocar o preço no café. Além disso, com o conhecimento, ganhamos mais respeito com os compradores”, avalia.

“Aperfeiçoamento de controle de qualidade do café” está sendo ministrado pelos Q-Graders José Antônio Rezende da Silva e José Marcos Angélico de Mendonça. Os Q-Graders são especialistas que podem ser comparados a enólogos, no universo do vinho, e que utilizam referências de características sensoriais e atributos da bebida, baseados em um mesmo critério de avaliação mundial.

Na opinião de José Marcos de Mendonça, além da autonomia para a precificação e correção dos erros na própria produção, os conhecimentos sobre a metodologia SCAA ajudam a fortalecer o trabalho realizado pelo Projeto dos Cafés Especiais, criado pelo Sebrae/PR e pela ACENPP em 2006. “Cada um dos produtores inscritos no treinamento faz parte de um dos 12 núcleos do Projeto. Eles conseguem provar os cafés dos colegas e identificar os atributos e erros de cada núcleo. Dessa forma, os produtores conseguem esclarecer o que está acontecendo na base da produção do café, primando cada vez mais pela qualidade”, afirma.

O presidente da ACENPP, Cleomilson Serafin, acrescenta que o Projeto de Cafés Especiais mudou o conceito dos produtores, que estão focados na diferenciação dos grãos para agregar valor ao produto e, consequentemente, melhorar o preço. “O treinamento é mais uma forma de profissionalizar os produtores que fazem parte da ACENPP para melhorar a qualidade e o rendimento das famílias que se dedicam à cultura do café”, enfatiza.

Oportunidade
O Sebrae/PR e a ACENPP iniciam uma nova turma do primeiro módulo do “Aperfeiçoamento de controle de qualidade do café” entre os dias 26 e 30 de maio. Para mais informações, entre em contato com o Sebrae/PR em Jacarezinho no telefone: (43) 3527-1221.

Sobre o Sebrae/PR
Para quem já é ou quer ser empresário, o Sebrae/PR – Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Paraná é a opção mais fácil e econômica de obter informações e conhecimento. Criado na década de 1970, o Sebrae apoia as decisões dos empresários, dos potenciais empresários e dos potenciais empreendedores, no campo e na cidade, porque é a instituição que entende de pequenos negócios e possui a maior rede de atendimento do País. Ao todo, são 27 unidades e aproximadamente 600 postos de atendimentos espalhados de norte a sul do Brasil. No Paraná, conta com seis regionais e 11 escritórios. A instituição chega aos 399 municípios do Estado por meio de atendimento itinerante, pontos de atendimento e de parceiros locais, como associações, sindicatos, cooperativas, órgãos públicos e privados. O Sebrae/PR oferece palestras, orientações, capacitações, treinamentos, projetos, programas e soluções empresariais, com foco em desenvolvimento de empreendedores; impulso a empresas avançadas; competitividade setorial; promoção de ambiente favorável para os negócios; tecnologia e inovação; acesso ao crédito; acesso ao mercado; parcerias internacionais; redes de cooperação; e formação de líderes.

Fonte: Assessoria de Imprensa Sebrae/PR

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *