Produtores de café do Vietnã retêm 39% da safra, diz Volcafe

Imprimir

Cafeicultores do Vietnã, o maior produtor mundial da variedade robusta, estão retendo de 25% a 30% da safra, de acordo com a Volcafe, uma unidade da ED&F Man Holdings.

O Vietnã deve produzir na temporada mundial atual, a 2011/2012, que termina em 30 de setembro, um recorde de 22,1 milhões de sacas de café contra 20 milhões no período anterior, segundo estimativa da suíça Winterthur.

As cotações do robusta caíram 7,3% na Bolsa de Londres este ano, depois de terem atingido um pico de US$ 2.174 a tonelada em 16 de fevereiro.

A Volcafe disse que os produtores estão aguardando preços mais altos.

As exportações vietnamitas para maio e junho foram negociadas com um desconto de US$ 10 a tonelada em relação ao preço da Bolsa de Londres.

O desconto permanece inalterado desde a semana passada.

O volume do café que está sendo ofertado para embarques é considerado “bom”, enquanto as ofertas de vendas externas para datas posteriores estão praticamente nulas, segundo o relatório da Volcafe.

Na Indonésia, o terceiro maior produtor de café robusta, os compradores estão pagando um prêmio de US$ 100 a tonelada em relação à Bolsa de Londres para o produto embarcado para maio e junho.

O prêmio também está estável em relação à semana passada.

A indústria local continua como a melhor compradora, o que mantém o prêmio para o café, segundo a Volcafe.

Fonte: Valor Econômico

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *