Produção global de café deve cair

Imprimir

As perspectivas que apontam para uma colheita menor que a inicialmente esperada no Brasil deverão levar à redução da produção mundial de café na próxima temporada, confirmou a Organização Internacional do Café (OIC). Segundo José Sette, diretor-executivo da entidade, o Brasil responde por uma fatia tão grande da produção global que, a menos que ocorra algo imprevisto em outros países a oferta inevitavelmente será menor.

Conforme Sette, a colheita na atual campanha ficará entre 133 milhões e 135 milhões de sacas de 60 quilos. Influenciados por chuvas acima da média que prejudicaram as colheitas na Colômbia e em nações da América Central, os preços internacionais estão nos mais altos patamares em 13 anos na bolsa de Nova York. Com a bienalidade negativa característica da safra, no ano que vem é possível que o Brasil colha 36 milhões de sacas, ante as 47,2 milhões de 2010 (bienalidade positiva) e as 39,5 milhões de 2009 (bienalidade negativa), segundo informações do Conselho Nacional de Café (CNC).

Nos países produtores da commodity, os estoques de café recuaram para cerca de 12 milhões de sacas este ano, menor nível desde a década de 60, quando a OIC, com sede em Londres, começou a fazer esse tipo de levantamento. "Se de fato tivermos um problema importante de produção (…) haverá espaço para que os preços cheguem às nuvens", afirmou Sette.

Fonte: Bloomberg 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *