Produção de café do Vietnã deve cair 25% em 2012/13, diz associação

Imprimir

A safra 2012/13 de café do Vietnã deve cair em cerca de um quarto ante o recorde registrado na colheita anterior, para 18,75 milhões de sacas de 60 kg (1,1 milhão de toneladas), e a próxima temporada pode ser afetada pela seca, disse um funcionário da indústria nesta terça-feira.

Uma menor safra do Vietnã, maior produtor mundial de robusta, pode ajudar a apoiar os preços mundiais mesmo em um momento quando a produção mundial em 2012/2013, que deve atingir 147 milhões de sacas, está muito superior à demanda por 141 milhões de sacas, de acordo com uma pesquisa Reuters.

"Nós estamos preocupados com a próxima safra por conta dos sinais de seca no momento", disse Luong Van Tu, chefe da Associação de Café e Cacau do Vietnã (Vicofa, na sigla em inglês).

Cerca de 70 por cento do Planalto Central, cinturão de café do país asiático está enfrentando falta de água, o que pode levar a "fortes quedas" na próxima colheita, que deve começar em outubro, disse a associação em um comunicado.

A safra anterior de café do Vietnã ficou em 1,5 milhão de toneladas, ou cerca de 25 milhões de sacas, segundo informações da Vicofa. O ano-safra do café no país ocorre entre outubro e setembro.

Uma menor produção na temporada 2012/13 é normalmente esperada devido a um ciclo natural dos cafezais, que precisam descansar após uma grande safra. O clima desfavorável também tem afetado o desenvolvimento das lavouras, disse a Vicofa.

A associação sediada em Hanói não deu nenhuma previsão para a próxima colheita. Para operadores, as projeções da Vicofa são geralmente tidas como subestimadas na tentativa de inflar os preços.

Fonte: Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *