Presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Varginha recebe homenagem

Imprimir

 O vereador Armando Fortunato Filho foi o autor da proposta de moção de aplauso a Arnaldo

Como forma de reconhecimento pela luta árdua e diária em prol da cafeicultura e cafeicultores, o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Varginha recebeu ontem (09) moção de aplausos na Câmara Municipal de Varginha. Com a Casa Legislativa cheia, o projeto de autoria do vereador Armando Fortunato Filho foi aprovado por unanimidade.

Modesto, o presidente do sindicato caracterizou o autor da indicação como corajoso, tendo em vista outros merecedores da homenagem. Devido a alteração do regime interno da Câmara, cada vereador pode indicar apenas uma personalidade para receber a moção de aplausos durante o ano. E apenas três projetos podem ser aprovados neste mesmo período.

Arnaldo, em seu discurso, disse que “a agricultura e a pecuária são ofícios nobres e honrados para todos que as exercem. Porém é preciso ser ágil para transpor os obstáculos, calma para aprender, unido para reivindicar e eficiente para conquistar”.

Com falas simples, o agradecimento do homenageado foi dinâmica. Convidou a tribuna seus filhos, onde um deles, Arnaldo Júnior, ressaltou o acompanhamento do pai pela luta pelo café. O amigo Juarez Lucinda, por sua vez, destacou Arnaldo como merecedor devido ter abraçado uma causa que não é só regional. Ela vai às esferas estaduais e federais, em que todas elas ele tem participado ativamente pela cafeicultura.

Armando justificou sua indicação com uma palavra simples: representatividade. Segundo ele, o presidente do sindicato tem sido eficiente não só na representação da agricultura, como também apoiador de projetos sociais, tais como os desenvolvidos pela Associação Brasileira Comunitária para a Prevenção do Abuso de Drogas – Abraço – e a Associação Comunitária de Recuperação Novo Caminho – Acrenoc.

Arnaldo assumiu com garra a causa do produtor rural. Tem buscado soluções para a crise cafeeira, tendo em vista o baixo preço da saca, endividamento e a desvalorização do produto no mercado externo.

Também vice-presidente da Associação Nacional dos Sindicatos Rurais das Regiões Produtoras de Café e Leite, Arnaldo tem tido participação constante junto à Federação Nacional da Agricultura e Pecuária – Faemg – e representado o município juntos às autoridades federais, tendo ido duas vezes a Brasília, cobrar respostas, principalmente as reivindicações da “Carta de Varginha”.

O presidente da Câmara, Leonardo Ciacci, lembrou da atenção por parte do presidente do Sindicato dos Produtores Rurais quanto ao problema social da classe, que consequentemente tem gerado menos empregos e renda. “Esta é uma homenagem da cidade a alguém que tem alta representatividade e credibilidade”.

* Luana Lara

Fonte: Assessoria de Comunicação Sindicato dos Produtores Rurais de Varginha

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *