Preços do arábica oscilam e afastam agentes do mercado no BR, avalia Cepea

Imprimir
Os preços do café arábica oscilaram com certa força nos últimos dias, influenciados pelo cenário externo, de acordo com pesquisas do Cepea.

Esse movimento afastou agentes do mercado físico nacional, mantendo a liquidez baixa.

Os momentos de queda nos valores externos foram resultados de estimativas indicando produção recorde no Brasil na safra 2020/21, ao passo que os aumentos estiveram atrelados a fatores técnicos e às altas do dólar.

Nessa quinta-feira, 27, o Indicador CEPEA/ESALQ do café tipo 6 bebida dura para melhor, posto na capital paulista, fechou a R$ 511,41/sc, elevação de 5,03% em relação à quinta-feira, 20.

Quanto ao robusta, pesquisas do Cepea apontem que a retração vendedora e elevação do dólar sustentaram os preços na maior parte da semana.

O Indicador CEPEA/ESALQ do tipo 6 peneira 13 acima fechou a quinta-feira a R$ 312,29/sc de 60 kg, alta de 0,9% em relação ao dia 20.

Fonte: Cepea

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *